Joaquin Phoenix tinha medo de fazer o "Coringa" e diretor ficou preocupado com ele

“Coringa” ainda nem estreou nos cinemas, mas foi tão ovacionado pela crítica que a expectativa é gigante - e o responsável pela avalanche de elogios é o ator que dá vida ao icônico vilão, Joaquin Phoenix. Com um trabalho tão aclamado é até difícil de acreditar que ele quase recusou o papel.

“Levou tempo para eu me comprometer. Havia muito medo. Mas sempre digo que há o medo que motiva e o que paralisa. O medo em que não conseguimos dar um passo sequer e o que nos faz pensar ‘ok, o que vamos fazer?’”, disse Phoenix em entrevista à revista Total Film.

coringa warner 0819 1400x800
Niko Tavernise

O ator disse ainda que estava preocupado que o filme fosse reduzir o personagem a algo muito superficial, que não mexesse com o público. “Frequentemente esse tipo de filme simplifica os arquétipos, o que mantém o público distante e deixa fácil rotular alguém como vilão e pensar ‘isso não sou eu’, disse.

Segundo o ator, a proposta de “Coringa” é justamente provocar o público, oferecendo momentos em que será difícil não simpatizar ou torcer pelo protagonista, ainda que ele seja um sociopata. “Há momentos em que você se conecta com ele e momentos em que sente repulsa. E eu gosto da ideia de desafiar o público e me desafiar. Isso é muito raro, especialmente no gênero de super-heróis”, explicou.

coringa joaquim felix 0819 1400x800
Niko Tavernise

Joaquin Phoenix emagreceu muito para "Coringa"

Mas mesmo depois de aceitar o papel, os desafios continuaram. Ao New York Times, o diretor do filme, Todd Philips, disse que ficava preocupado com o ator durante as filmagens porque ele abandonava o set de repente, dizendo que precisava se recompor.

“Ele simplesmente saía andando no meio das cenas. Os outros atores ficam pensando que tinham feito algo, mas não era isso. Era sempre quando ele não estava sentindo o personagem”, comentou.

coringa warner joaquim phelix 0819 1400x800
Niko Tavernise

Na preparação para dar vida ao personagem, Joaquin Phoenix perdeu 23 quilos para interpretar o personagem, o que, segundo ele, mexeu com sua estabilidade emocional. Além disso, precisou estudar assassinos políticos para entender melhor a mente do Coringa.

"Você começa a enlouquecer quando perde muito peso rapidamente”, disse. “E achei interessante um livro sobre assassinos políticos que detalha os tipos de personalidades que fazem esse tipo de coisa”, completou.

"Coringa" estreia em 3 de outubro nos cinemas.

Próximas estreias no cinema