pop

The Story of Diana: 9 coisas que aprendemos sobre Lady Di com o documentário

Para homenagear a princesa Diana no aniversário de 20 anos de sua morte, em 31 de outubro de 2017, foi lançado um documentário da revista People com dois episódios, “The Story of Diana”, que está disponível na Netflix.

Nele, descobrimos vários detalhes interessantes sobre a vida de Diana, e como ela se tornou uma das mulheres mais admiradas do mundo. A seguir, conheça 9 fatos surpreendentes sobre Lady Di que você provavelmente não sabia.

9 revelações sobre a princesa Diana

1. Ela se casou aos 19 anos com Príncipe Charles Em 29 de julho de 1981, o mundo inteiro parou para assistir ao casamento do Príncipe Charles com a Princesa Diana. Eles se conheciam há anos, mas a diferença de 12 anos de idade impediu o casal de se conhecer formalmente até o verão de 1980, quando Diana completa 19 anos. Aos 31 anos, Charles decide pedir Diana em casamento, seis meses depois de se aproximarem.

2. Charles havia namorado a irmã mais velha de Diana antes O príncipe Charles namorou por mais de um ano Lady Sarah Spencer, que era seis anos mais velha que sua irmã Diana. O casal real teria sido apresentado por Sarah durante uma festa no ano de 1977, quando Diana tinha apenas 16 anos.

3. Diana sofria com bulimia Em uma entrevista concedida à BBC, no ano de 1985, Diana falou publicamente sobre sua luta contra a bulimia. Segundo ela, o transtorno alimentar foi desenvolvido pelo estresse de tentar manter as falsas aparências sobre o seu relacionamento com Charles. “Você tenta fazer coisas contra si mesma porque acha que não é digna ou que a sua existência não possui validade alguma. E a recorrência deste pensamento sempre segue um padrão repetitivo, altamente autodestrutivo”, disse.

4. Ela sempre teve ciúmes de Camilla Antes mesmo de descobrir o caso extraconjugal entre Charles e Camilla Parker-Bowles, Diana já sentia ciúmes da relação entre os dois. Antes de se relacionar com Diana, Charles já se tinha envolvido com Camilla. A prima era melhor amiga de Charles, mas o romance entre os dois não era bem visto na monarquia, uma vez que já se sabia que ela não era virgem. Pressionado para encontrar a noiva perfeita, Charles viu em Diana a solução perfeita para seus problemas, mas nunca se distanciou realmente da ex.

casamento principe charles camilla 1117 1400x800
Pool /GettyImages

5. A princesa foi importante na luta contra a Aids Em uma de suas visitas humanitárias, a princesa apertou a mão de um portador de HIV e visitou órfãos de pais soropositivos no Brasil, em 1987, quando a doença ainda era muito mais estigmatizada do que hoje. Dois meses antes de sua morte, ela leiloou 79 de seus vestidos, arrecadando milhões em doações para combater a Aids e o câncer de mama. 

6. Diana também lutou contra as minas terrestres Diana apoiava mais de cem diferentes instituições, incluindo a International Campaign to Ban Landmines (campanha para banir minas terrestres), que venceu o Prêmio Nobel da Paz alguns meses após sua morte. A princesa de Gales chegou a atravessar um campo de minas terrestres em Angola para conscientizar os habitantes sobre o perigo que os conflitos civis significavam para toda a população africana.

princesa diana spencer 1117 1400x800 0
Pascal Rondeau/Allsport

7. Ela deu a sua versão no livro lançado pelo jornalista Andrew Morton escondido da realeza Revolucionária, ela quebrou os protocolos reais algumas vezes. Além de contar a própria versão de sua história no livro lançado pelo jornalista Andrew Morton escondido da realeza, foi a primeira a alterar os votos matrimoniais da corte, nos quais, originalmente, a noiva deveria declarar sempre “obedecer” o marido. Três décadas depois, William e Kate repetiram a mudança. Diana, também, exigiu o divórcio de Charles depois de inúmeros escândalos de traições envolvendo os dois. A ação legal a tornou plebeia novamente.

8. A mãe da princesa abandonou a família para fugir com outro homem e isso abalou a sua infância Parte de uma família da aristocracia inglesa, Diana sofreu uma ruptura muito forte quando tinha apenas 9 anos. Sua mãe fugiu de casa com o amante, deixando-a e seus irmãos para trás. O abandono da mãe afetou muito Diana, que carregou o peso dessa rejeição por muito tempo, como é relatado no documentário.

9. Ela não era completamente plebeia Sua avó, Lady Fermoy, foi dama de companhia da Rainha Elizabeth, rainha consorte do Reino Unido de 1936 a 1952 e mãe da Rainha Elizabeth II, atualmente no trono. A família Spencer é tradicional no condado de Northamptonshire, a cerca de 110 quilômetros de Londres. Casa da família Spencer desde 1508, Althorp tem uma das melhores coleções privadas da Europa de móveis, arte e cerâmicas, exibindo mais de 500 anos de história.

Mais sugestões de conteúdos históricos