pop

Emma Stone revela machismo em Hollywood: “Deram minhas ideias para um homem”

emma stone 1216 1400x800
Vittorio Zunino Celotto/Getty Images

Protagonista de um dos filmes que são promessa de sucesso em 2017, o “La La Land”, Emma Stone deu uma entrevista repleta de declarações sobre Hollywood à edição de 50 anos da revista Rolling Stone. A atriz falou sobre o machismo que enfrentou ao longo de sua carreira dentro da indústria. 

Machismo em Hollywood

la la land filme 1216 1400x800
Paris Filmes/Divulgação

Emma afirmou que no início hesitou em considerar os casos como atitudes machistas, mas se lembra de vezes em que passou por situações delicadas.

“Há alguns anos, quando estava gravando um filme, me disseram que eu estava dificultando o processo ao dar a minha opinião ou uma ideia”, contou a atriz. “Hesitei em fazer disso uma coisa sobre ser mulher, mas então teve um dia em que eu improvisei. Eles riram da minha piada e a deram para o personagem masculino. Entregaram a minha piada”, afirmou Stone.

“Já teve vezes em que disse: ‘Eu realmente não acho que esta fala vai funcionar’, e me disseram: ‘Apenas diga isso, diga isso e se não funcionar bem nós cortamos’. E eles não cortaram e também não funcionou bem”, disse a atriz. 

Vale lembrar que muitas atrizes denunciam o machismo presente na indústria hollywoodiana. Também neste ano, Mila Kunis publicou uma carta aberta contando sobre as situações com que teve que lidar em sua trajetória. 

“Ao longo da minha carreira, houve momentos em que fui insultada, marginalizada, recebi menos, fui criativamente ignorada e diminuída com base no meu sexo. Aprendi que, para ter sucesso como uma mulher nesta indústria, eu tinha que jogar pelas regras do clube dos meninos”, escreveu Mila.

Machismo na televisão