explore

Por que a lua cheia do domingo (22) é rara e será chamada de "Lua Azul"?

lua cheia ceu 0118 1400x800
vovan / Shutterstock

A noite do próximo domingo (22) será marcada por um fenômeno bem raro: a aparição da Lua Azul (ou Blue Moon, como é conhecida em inglês). Mas isso não tem nada a ver com a coloração do nosso satélite natural, mas sim com sua fase.

Lua Azul de domingo (22): evento é raro

lua cheia 1400x800 0820
Alexlky/Shutterstock

Se você é um amante de astronomia, provavelmente sabe que a nomenclatura “Lua Azul” é usada quando a lua entra em sua fase cheia pela segunda vez em um mesmo mês.

No entanto, a definição original do termo não é esta — e é por isso que a Lua Azul de domingo será um pouco diferente.

lua satelite espaco 0321 1400x800
abriendomundo/istock

De acordo com a revista norte-americana Sky & Telescope, o termo “Lua Azul” surgiu em 1930 e refere-se, na verdade, à terceira lua cheia de uma mesma estação do ano.

Em 2021, a primeira lua cheia do inverno ocorreu em 24 de junho e a segunda em 23 de julho. A próxima acontecerá em 22 de agosto.

lua azul 1400x800 0820
IgorZh/Shutterstock

Apesar do nome, o fenômeno não tem necessariamente a ver com a coloração mais azulada do satélite — e sim com o fato de que esta será a terceira lua cheia do inverno de 2021. O fenômeno é tão infrequente que deu origem à expressão "Once in a blue moon" em inglês, que significa "raramente".

De acordo com a Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, esse fenômeno acontece a cada dois anos e meio a três anos. Após este domingo, algo parecido deverá se repetir apenas em agosto de 2024.

A expressão “Lua Azul” teria começado a ser usado erroneamente no fim da década de 1940, quando um astrônomo amador e colaborador da Sky & Telescope interpretou de modo incorreto a descrição da revista. Desse modo, o termo popular “Lua Azul” passou a ser associado à segunda lua cheia de um mesmo mês.

Mais notícias