explore

Plano da China para desviar asteroide da Terra envolve colisão de 23 foguetes

asteroide planeta terra 0721 1400x800
dottedhippo/istock

O plano da China para desviar da Terra um asteroide de gigantes proporções parece ter surgido de um filme de ficção científica. A ideia é enviar ao espaço 23 dos maiores foguetes do país para evitar uma possível colisão entre o corpo celeste e o nosso planeta.

Missão com foguetes para desviar asteroide

De acordo com especialistas do Centro Nacional de Ciências Espaciais da China, simulações matemáticas mostram que, se atingissem o asteroide ao mesmo tempo, os foguetes seriam capazes de desviá-lo de seu caminho a uma distância de 1,4 vezes o raio da Terra.

foguete china lancamento 0721 1400x800
Kevin Frayer/Getty Images

O estudo sobre o tema, publicado na revista científica Icarus, tem os cálculos baseados em um largo asteroide chamado Bennu, que orbita o Sol.

E os foguetes, no caso, seriam o Longa Marcha 5, usados para diferentes finalidades: desde carregar módulos de estações espaciais até lançar sondas à Lua e a Marte.

asteroide passa perto terra 0817 1400x800
Elenarts/IStock

"A proposta de manter o estágio superior do foguete de lançamento para uma espaçonave guiadora, fazendo um grande 'impactador cinético' para desviar um asteroide, é um conceito bastante bom", disse o professor Alan Fitzsimmons do Astrophysics Research Centre da Queen's University Belfast, em entrevista à agência Reuters.

asteroide planeta terra 0321 1400x800
RomoloTavani/istock

Os cientistas afirmam que alterar o caminho de um asteroide, como proposto pelo estudo, é bem menos arriscado do que detonar um corpo celeste de grandes proporções com explosivos nucleares, que podem criar fragmentos menores sem mudar seu curso.

c 1920 asteroide
NASA's Goddard Space Flight Center/Conceptual Image Lab

Corpos celestes