explore

Teste inicial da vacina contra HIV gera anticorpos em 97% das pessoas

vacina virus hiv 0421 1400x800
inkoly/istock

Uma inédita vacina contra HIV teve resultados promissores em um ensaio clínico em fase 1, ao mostrar que 97% das pessoas que receberam o imunizante apresentaram estímulo à produção de células que geram anticorpos contra o vírus.

virus sangue hiv 0319 1400x800
RAJ CREATIONZS/Shutterstock

A vacina é resultado de uma parceria entre a Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (Iavi) e o Scripps Research Institute, nos Estados Unidos.

Como funciona a vacina contra HIV

De acordo com William Schief, imunologista da Scripps Research e um dos responsáveis pela pesquisa, a nova vacina contra HIV pode ser projetada para estimular células imunes raras com propriedades específicas. A estimulação direcionada, segundo o especialista, pode ser muito eficiente em humanos.

vacina aids hiv 0719 1400x800
rigsbyphoto/shutterstock

O estudo contou com a participação de 48 voluntários adultos que não convivem com o vírus. Eles receberam duas doses da vacina ou de placebo e não apresentaram problemas relacionados à segurança do imunizante.

virus hiv celulas 1218 1400x800
Spectral-Design/Shutterstock

Como ainda está em sua primeira fase, a vacina deve passar por mais duas outras etapas de testes, com números bem maiores de voluntários.

vacina seringa imunizar 0819 1400x800
Billion Photos/Shutterstock

Os cientistas que lideraram a pesquisa apontam que, caso a abordagem utilizada se mostre efetiva contra o HIV, ela poderia ser usada também para combater os vírus da gripe, dengue, Zika e hepatite C.

HIV: transmissão, prevenção e tratamentos