explore

Se humanos forem extintos, outra espécie dominará Terra: não são macacos, nem baratas

cientificos explican que especie dominaria la tierra
TSG Entertainment

Existem várias teorias sobre qual seria a espécie dominante na Terra em caso de extinção humana, mas a ciência já encontrou a resposta mais próxima.

hurrnzjgkvx2aof7yimk7mpnlhn
Twentieth Century Fox vía IMDb

A ficção científica forneceu vários cenários para a cultura pop, mas os cientistas da vida real têm ideias um tanto quanto diferentes sobre o assunto.

habra videojuego de invasion en 2020
TriStar Pictures/IMDb

Uma das espécies com suposto potencial para dominar a Terra, segundo a ficção científica, são os macacos, devido ao seu "parentesco" com os humanos. Mas a comunidade científica discorda:

"Qualquer evento de extinção que afete humanos seria provavelmente mais perigoso para organismos que compartilham nossas necessidades fisiológicas básicas", disse o jornalista científico Luc Bussiere .

Patrick Rolands / Shutterstock

Segundo Bussiere, características físicas semelhantes não são um requisito para que o macaco se torne a espécie dominante, uma vez que a evolução não favorece a habilidade ou inteligência, mas recompensa a capacidade de adaptação, sobrevivência e sucesso reprodutivo.

Outra espécie considerada dominante no planeta são os insetos, especificamente as formigas ou as baratas. É verdade que estes seres teriam maior proliferação se os humanos desapareceram, explicou o zoólogo Matthew Coob para a BBC.

cucarachas silbadoras de madagascar 4
Kefca/Shutterstock

Porém, se o número de espécies vivas for levado em consideração, então os microrganismos e as bactérias seriam os verdadeiros reis da Terra, já que são imperceptíveis e resistem a temperaturas extremas.

Os microrganismos se adaptam a diferentes ecossistemas, sobrevivem na água e existem há 3,5 bilhões de anos, enquanto os humanos habitam a Terra há "apenas" 6 milhões de anos.

Peeradach Rattanakoses/Shutterstock

Segundo o astrônomo Phil Plat, para uma espécie ser considerada dominante, ela deve produzir mudanças profundas no meio ambiente. No caso dos microrganismos, eles se adaptam, mas não alteram o espaço.

Mas, afinal, que outra forma de vida poderia nos substituir se formos exterminados? De acordo com a especialista Kate Jones, poderia ser "uma espécie que se adaptaria às novas condições. Por exemplo, um ser capaz de se alimentar de plástico".

evolucao do homem 0817 1400x800
robuart/shutterstock

Além da especulação, a realidade é que a evolução é muito difícil de prever e, por isso, uma resposta definitiva seria arriscada. A única coisa que sabemos com certeza é que não estaremos aqui para descobrir.

Evolução humana

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Enrique Blancas.