explore

Jovem é premiada por inventar aparelho que detecta câncer de mama sem sair de casa

cancer de mama 1118 1400x800
ESB Professional/shutterstock

Uma jovem de 23 anos ganhou um prêmio por criar um aparelho que detecta o câncer de mama em casa. A responsável pela invenção é Judit Giró Benet.

Ela batizou o aparelho que desenvolveu de The Blue Box, a caixa azul, que é capaz de detectar a doença em casa, usando apenas uma amostra de urina.

Aparelho que detecta câncer de mama em casa

Judith recebeu o Internacional James Dyson Award, um prêmio para jovens engenheiros por criar a The Blue Box que usa inteligência artificial para detectar o câncer de mama.

Para criar o aparelho, a jovem estudou engenharia biomédica em Barcelona, na Espanha, depois, ela foi para a Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos para fazer um mestrado, já pensando na The Blue Box.

judit giro benet 01 21 1400 800
Divulgação/Internacional James Dyson Award

Judith deu uma entrevista ao site do prêmio a ela e contou que a inspiração para desenvolver o aparelho veio da capacidade dos cães em farejarem câncer em humanos:

"O motivo pelo qual quis construir isso é porque descobri que existem alguns cães que podem detectar problemas de saúde em humanos. Se o cachorro late, eles sabem que o humano tem câncer. E os cães, eles nunca estão errados - eles estão sempre certos, o que mostra como a natureza é incrível. Então, pensei, se o cachorro é capaz de fazer isso, por que meu microprocessador Arduino não seria?", contou a jovem.

the blue box 01 21 1400 800
Divulgação/Internacional James Dyson Award

Agora que ganhou o prêmio, Judith pretende criar uma empresa e assim que o aparelho passar por testes clínicos e for liberado por órgão de saúde norte-americanos, ela pretende distribuí-los nas casas das pessoas.

Câncer de mama