explore

Eclipse solar total: alguns estados brasileiros conseguirão ver fenômeno hoje

eclipse solar nasa 0317 1400x800
muratart/Shutterstock

No dia 14 de dezembro, segunda-feira, acontece um eclipse solar total que poderá ser visto de alguns países da América do Sul.

Em parte do Chile e da Argentina, a visão do eclipse será integral, ou seja, será possível ver a Lua encobrindo o Sol quase que totalmente, deixando apenas um "anel de fogo" ao redor. No Brasil, alguns estados poderão ter a visão parcial, como se "a Lua desse uma mordida no Sol".

O eclipse começará às 11h33 no horário de Brasília e terminará às 15h53. Saiba se você conseguirá apreciar o fenômeno.

Eclipse solar na América do Sul

O eclipse solar do dia 14 de dezembro será total, ou seja, quando o Sol, a Terra e a Lua se alinham impedindo que a luz solar chegue ao nosso planeta.

O fenômeno poderá ser visto parcialmente em alguns países da América do Sul, como o Brasil, mas em alguns pontos do Chile e da Argentina, será possível visualizar o fenômeno integralmente e haverá a formação de um anel de fogo, quando a passagem da Lua pela frente do Sol deixa escapar apenas um aro ilumindao, como na foto abaixo:

eclipse solar nuvem 0719 1400x800
IgorZh/Shutterstock

No mapa abaixo, divulgado pela Nasa, a faixa amarela mostra o caminho onde a Lua cobrirá completamente o Sol, que se estenderá de Saavedra, no Chile, a Salina del Eje, na Argentina.

Nessas regiões, o eclipse poderá ser visto em sua totalidade.

mapa eclipse 12 20 1400 800
Divulgação/Nasa

De acordo com a Agência Espacial, o eclipse, chamado de caminho da Lua, fará com que o dia se transforme em noite por 10 segundos, que será o tempo de duração de sua totalidade, mas durante 2 minutos, a Lua encobrirá o Sol parcialmente.

Eclipse solar: de onde poderá ser visto no Brasil?

No Brasil, o espetáculo poderá ser visto em parte do país e, quanto mais ao sul, maior obscuração. Em Pelotas (RS), por exemplo, essa taxa chega a 60%.

Em Curitiba, cerca de 37% do disco do Sol estará encoberto pela Lua, já em São Paulo, a obscuridade será de 30% e no Rio de Janeiro, será de 31%.

Até a latitude próxima a Porto Seguro (BA) e Goiânia (GO) ainda haverá um pouco de obscuridade (14% e 10%, respectivamente), mas no estados mais acima no mapa, ela será mínima. Pará e Amazonas, por exemplo, ficam fora da faixa que verá o fenômeno.

A Antártica também estará exposta a um eclipse solar de visibilidade parcial de 40%. A parte pintada de amarelo do mapa abaixo mostra de quais partes do Planeta o eclipse será visível, sendo que na faixa mais escura, ele será visto em sua totalidade:

mapa eclipse solar 12 20 1400 800
Divulgação/Time and Date

O eclipse começará às 11h33 e terminará às 15h53. Se você mora em alguns desses estados e pretende observar o fenômeno, lembre-se de que é necessário proteger os olhos usando óculos ou visores manuais especiais, que possuam filtros que bloqueiam os raios solares prejudiciais.

Telescópios, telefones celulares, câmeras e binóculos também podem ser usados ​​para observar o eclipse se tiverem filtros especiais acoplados para observar o sol.

Se você não mora em nenhum desses estados brasileiros, ainda sim conseguirá assistir ao fenômenos, já que a Nasa irá transmitir o eclipse ao vivo o eclipse na América do Sul, a partir das 11h40 (horário de Brasília).

oculos de eclipse 0117 1400x800
mimohe/shutterstock

Curiosidades sobre eclipses