explore

Meteoritos estranhos intrigam cientistas há meio século: 9 pedaços foram encontrados na Terra

meteorito raro descoberta 0720 1400x800
DOE/LAWRENCE BERKELEY NATIONAL LABORATORY

A verdadeira origem de meteoritos estranhos que há meio século intrigam cientistas foi finalmente descoberta após uma série de experimentos com raios-x.

Essas rochas, tecnicamente chamados meteoritos de ferro Tipo IIE, parecem ter se originado de um outro corpo celeste de composição mista. Entenda a seguir.

(As imagens abaixo são meramente ilustrativas.)

Meteoritos raros têm semelhanças com a Terra

meteorito de ferro 0720 1400x800
Albert Russ/shutterstock

Cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, nos Estados Unidos, reconstruíram a estrutura original desses meteoritos utilizando a tecnologia Advanced Light Source (ALS), à base de raios-x. Eles estudaram amostras de dois exemplares.

A grande maioria dos meteoritos tem composição única, mas esses raros objetos combinavam partes fundidas e outras não.

Os especialistas descobriram que eles se originaram de um extenso planetesimal, que tinha a mesma composição mista de um núcleo metálico derretido e uma crosta sólida. Planetesimais são corpos que se formaram nos primeiros estágios da formação do Sistema Solar.

meteorito proximo terra 0720 1400x800
Stephane Masclaux/shutterstock

Os pesquisadores descobriram, portanto, que mais tempo do que se imaginava foi necessário para que se formassem.

A descoberta, publicada na Science Advances, está alinhada com a sugerida em estudos anteriores, em que foi indicado que as estruturas das quais esses meteoritos "raros" vieram devem ter conformação complexa, combinando múltiplas características.

meteorito ferro 0720 1400x800
MikhailSh/shutterstock

Os cientistas agora procurarão determinar se esse tipo muito complexo de planetesimal, do qual provêm os meteoritos de ferro do Tipo IIE, é um caso tão estranho ou se, pelo contrário, são mais comuns do que se pensava anteriormente.

Estrelas, meteoros e meteoritos