explore

Cientistas descobrem minilua orbitando a Terra há 3 anos

minilua 1400x800 0220
The international Gemini Observatory/NSF’s National Optical-Infrared Astronomy Research Laboratory/AURA/G. Fedorets

Pesquisadores detectaram um objeto "preso" à órbita terrestre (foto acima) e, ao que tudo indica, trata-se de uma minilua. Entenda a seguir.

Minilua orbitando a Terra

O astrônomo Kacper Wierzchos, do Catalina Sky Survey, anunciou em sua conta do Twitter que a Terra "capturou" um novo objeto, possivelmente uma minilua.

Batizado de 2020 CD3, o asteroide foi encontrado no dia 15 de fevereiro por Wierzchos e seu colega Teddy Pruyne.

A existência do objeto foi também anunciada pelo Minor Planet Center, que faz parte do The International Astronomical Union. O caminho percorrido por ele mostra que ele entrou na órbita terrestre há aproximadamente três anos. Veja uma simulação de seu trajeto:

A possível minilua tem diâmetro estimado de 1,9 a 3,5 metros. De acordo com o astrônomo, apesar de haver cerca de 1 milhão de asteroides conhecidos, esse é apenas o segundo que sabidamente orbita a Terra ( o primeiro foi o 2006 RH120).

O que são miniluas?

Miniluas são tecnicamente conhecidas como "objetos capturados temporariamente" e caracterizadas por serem atraídas pela gravidade da Terra e permanecerem orbitando o planeta por um tempo. Eventualmente, esses objetos se desprendem e seguem seu caminho ao redor do Sol.

Lua: mais sobre o satélite natural