3 últimos anos foram os mais quentes da História, e podemos atingir limite em 43 anos

calor temperatura verao terra 0118 1400x800
Wilson Dias/Agência Brasil

Não é só você que está sentido dias vez mais quentes, com temperaturas elevadíssimas que tornam algumas áreas, especialmente as urbanas, um forno de padaria. A ONU divulgou, em forma de alerta, que 2015, 2016 e 2017 foram os anos mais quentes registrados até hoje no planeta.

Em um ritmo acelerado, o aquecimento global desses últimos três anos foi classificado como "excepcional" pela entidade. E não só isso: 17 dos 18 anos mais quentes de todos são deste século em que vivemos.

Temperaturas globais elevadas: alerta da ONU

A Organização Meteorológica Mundial (OMM), agência especializada da ONU, divulgou dados preocupantes em relação ao aumento da temperatura média global nos últimos anos.

A entidade destacou que em 2017 e 2015 a temperatura ultrapassou em 1,1°C a da época pré-industrial (1880-1900),

Pela ação agressiva do fenômeno "El Niño", 2016 ficou no topo da lista, quando foi registrada temperatura 1,2ºC acima das registradas naquele período. 

terra quente nasa temperatura 0118 1400x788
NASA’s Scientific Visualization Studio

A Nasa, que também fez análises da temperatura global, destaca que nem todas as regiões sentem o impacto do aumento de temperatura do mesmo jeito; as tendências de aquecimento foram sentidas mais fortemente nas regiões árticas, com o derretimento do gelo marinho em 2017.

"Apesar das temperaturas mais frias do que a média em qualquer parte do mundo, as temperaturas do planeta como um todo continuam a tendência de aquecimento rápido nos últimos 40 anos", ponderou o diretor do Instituto Goddad de Estudos Espaciais da NASA, Gavin Schmidt.

No mapa acima, a agência especial mostra uma comparação da temperatura média global de 2013 a 2017 (com base nos dados de 1951 a 1980).

Outros efeitos

Apesar de o calorão ser um dos efeitos mais diretos, as temperaturas registradas pela OMM são apenas uma parte da história, somada, infelizmente, a catástrofes naturais e desastres climáticos.

altas temperaturas ano 1016 1400x800
rottadana/istock

"O calor em 2017 foi acompanhado por clima extremo em muitos países ao redor do mundo. Os Estados Unidos tiveram seu ano mais caro em termos de clima e desastres climáticos, enquanto outros países viram seu desenvolvimento abrandado ou revertido por ciclones tropicais, inundações e secas", alertou o secretário-geral da Organização, Petteri Taalas.

Limite de temperatura

A tendência do aquecimento global, de acordo com as entidades ambientais, deveria acender o sinal vermelho para os países e entidades responsáveis pela emissão de gases que causam o efeito estufa.

É por isso que acordos climáticos, como o de Paris, que limita o aquecimento a 2ºC, são tão fundamentais (e que a saída dos Estados Unidos do Acordo, anunciada por Donald Trump, é um baque muito forte nas políticas de sustentabilidade e resoluções climáticas) .

Tudo porque, de acordo com o coordenador científico da OMM. Omar Baddour, se continuarmos com esse aumento de temperaturas, até 2060 ou 2070, a Terra alcançará esse limite. 

Clima da Terra: o que já sabemos e projeções