explore

Grande Mancha Vermelha de Júpiter é muito mais profunda do que se imaginava

jupiter mancha vermelha 0118 1400x800
NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Gerald Eichstadt/Justin Cowart

Com mais de 16 mil km de largura, a Grande Mancha Vermelha de Júpiter tem tamanho suficiente para engolir a Terra e, de acordo com novos dados obtidos pela nave Juno, da Nasa, ela é muito mais profunda do que se imaginava.

Mancha de Júpiter é mais profunda que nossos oceanos

Antes das recentes descobertas, os astrônomos só eram capazes de observar os giros das nuvens sobre a mancha, sem saber exatamente o que acontecia por baixo delas.

Era sabido, no entanto, que a atmosfera entre 550 e 950 quilômetros acima da Grande Mancha tinha uma temperatura média de 1.300º C.

Ao atravessar as nuvens acima da mancha, um instrumento da nave pôde identificar que a região sob a Grande Mancha Vermelha era ainda mais quente, a 320 quilômetros abaixo, e que suas raízes são entre 50 e 100 vezes mais profundas que os oceanos terrestres.

Curiosidades sobre o Universo