Semana terá chuva de meteoros incrível: veja os passos para conseguir ver a olho nu

geminideos chuva meteoros 1017 1400x800
Li Zhaoqi/shutterstock

Considerada a última grande chuva de meteoros de 2017, a Geminídeos poderá ser vista com maior evidência nas noites entre os dias 13 e 15 de dezembro e promoverá um verdadeiro show de queda de meteoros coloridos.

A chuva de Geminídeos (004 GEM) é conhecida por sua alta taxa de produção meteoros, com cerca de 120 meteoros por hora despontando no céu a 126 mil Km/h. E o melhor: não é preciso usar nenhum equipamento para acompanhar o espetáculo.

Como ver a chuva de meteoros Geminídeos

chuva meteoritos geminidas 1216 1400x800
sripfoto/iStock

Alguns meteoros já poderão ser vistos a partir do dia 4 de dezembro, mas o pico da chuva acontece entre os dias 13 e 15, podendo se estender até o dia 17 por causa da “janela de observação”.

No Brasil, as regiões que poderão observar melhor a chuva de meteoros são a norte e nordeste, mas todo o país será capaz de ver a constelação de Gêmeos, onde estão estrelas Castor (Alpha Geminorum) e Pollux (Beta Geminorum), representações da cabeça dos gêmeos.

5 passos

Para ver a chuva de meteoros, encontre preferencialmente um lugar longe das luzes da cidade, já que o fenômeno fica mais visível no céu escuro. Permaneça olhando para o céu durante 20 minutos para que a visão seja melhor ajustada ao escuro.

chuva meteoros geminideos 1017 1400x800
hareluya/shutterstock

Para encontrar a constelação de Gêmeos, olhe no céu ao nordeste da constelação Orion, que é fácil de detectar pelas três estrelas ao seu redor. Em seguida, olhe apenas para cima e à direita de Orion para ver Gêmeos.

Os meteoros da chuva de Geminídeos serão lançados a partir de Gêmeos, mas aparecerão em todo o céu. Para ter uma visão ainda melhor é indicado olhar um pouco para longe da constelação para poder observar os meteoros com caudas mais longas à medida que se destacam.

Estrelas e meteoros