Só temos 3 anos para barrar mudanças climáticas antes que seja tarde demais

seca mudanca climatica meio ambiente 07
Palo_ok / Shutterstock

Há décadas cientistas fazem alertas sobre os impactos negativos do avanço social e econômico para o meio ambiente. Mas, poucas ações práticas e significativas têm sido realizadas para controlar e combater esse processo de destruição.

A luta contra o relógio nunca pareceu mais preocupante do que agora, especialmente após um recente estudo publicado pela revista Nature que nos coloca um prazo curtíssimo para reverter os danos.

Mudanças climáticas: o que fazer até 2020

mudancas climaticas planeta 0717 1400x800
Romolo Tavani/shutterstock

De acordo com a pesquisa, só temos três anos para agir barrando as mudanças climáticas e reduzindo as emissões de carbono na atmosfera. Depois disso será tarde demais.

Se até 2020 não for possível realizar as alterações necessárias, as ações exigidas nos anos seguintes serão drásticas. Os custos e supostos prejuízos financeiros de curto prazo costumam fazer com que medidas eficientes sejam ignoradas. Mas, como afirmam os pesquisadores no artigo científico, “não há empregos em um planeta morto”.

poluicao cidade 1400x800 0617
Laszlo66/Shutterstock

Os autores do estudo criaram um panorama da realidade ambiental e elegeram seis pontos que descrevem o que precisamos fazer até 2020. Eles apelam para um aumento de 30% das fontes e do uso de energias renováveis​, atualização de infraestruturas, aumento na porcentagem de vendas de carros elétricos de 1% a 15% ao ano, redução do desmatamento para zero e diminuição das emissões de gás poluente associadas às indústrias pesadas.

Reduzir o uso de combustíveis fósseis e investir em novas fontes de energia ainda tem outro fator relevante: eles são finitos. Seguir diretrizes graduais de redução de carbono é apenas mais uma maneira de planejar essa eventualidade.

Todas essas medidas teriam como objetivo manter o aumento médio da temperatura global abaixo de 2, nível que já é catastrófico. Uma pequena diferença no aquecimento do clima, por exemplo, já provoca aumento do nível do mar e destruição completa dos recifes de coral do mundo.

Ciência e meio ambiente