explore

Gelo quente? Experimento revela que é possível mudar a temperatura do gelo

gelo 2710 1400x800
allstars/shutterstock

Muita calma nessa hora: gelo tem mesmo que ser gelado. Afinal, sua função é baixar a temperatura de comidas e bebidas quentes. Mas, e se, por pura curiosidade, nós tentarmos transformar o gelo em...quente? O experimento parece pura alucinação, mas é possível, e dá pra fazer em casa! 

Mas, antes de tentar, é importante saber: o ‘gelo quente’ não pode ser utilizado para nada na cozinha, por conta da composição e reação química de um dos ingredientes.

Como fazer?

Para realizar essa experiência é necessário ter:

  • Acetato de sódio
  • Água
  • Copo de vidro
  • Panela
  • Geladeira

O acetato de sódio é um componente que vende em lojas especializadas em produtos químicos. Ele pode oferecer alguns perigos, como irritação nos olhos e na pele, além de provocar dores respiratórias. Por isso, se for adquirir, tome muito cuidado ao manuseá-lo.

Primeiramente, coloque água na panela e deixe no fogo. Um pouco antes da água ferver, acrescente o acetato de sódio – seguindo as recomendações do produto. Mexa com uma colher, para misturar bem.

Deixe no fogo até que o acetato de sódio comece a se fixar no fundo da panela.

Depois, separe o líquido em um copo de vidro e deixe no freezer por um período entre 20 e 30 minutos. O ideal é que a água fique em temperatura ambiente. Por isso, se preferir, pode deixar o copo do lado de fora – mas saiba que isso vai fazer com que a experiência demore um pouco mais.

Retire o líquido e coloque em um vasilhame. Comece a mexer o líquido com os dedos.

gelo quente experiencia 2 1016 1400x999
Reprodução/Vix

Gelo quente: solução supersaturada

Lembre-se: esse gelo não é comestível, porque trata-se de uma solução supersaturada, onde se percebe uma concentração do componente no fundo do líquido.

“Isso quer dizer que, por causa da temperatura elevada da água, foi possível dissolver mais acetato de sódio do que seria em condições de temperatura ambiente, por exemplo”, explica a professora de química Alcione Torres, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Quando se mexe o líquido com a mão, acontece o processo de recristalização do acetato, deixando a substância instável por causa do calor emitido. Então, ele se torna meio pastoso, e é possível moldar o gelo quente da forma que você quiser.

O Vix testou essa experiência. Veja no vídeo abaixo:

Compressas térmicas

O processo de cristalização do acetato de sódio é bastante utilizado na produção de compressas térmicas quentes – geralmente constituídas de saco plástico selado que contêm a solução saturada, como foi feita na experiência com o ‘gelo quente’.

Essa solução permite que as compressas possam ser reutilizáveis. Assim, o sólido é recristalizado sempre que estiver em contato com a água quente.

Mais experiências para fazer em casa