hummm

Como saber se o ovo está bom: 4 truques para você nunca mais quebrar um estragado

quebrar ovos receita 0319 1400x800
Ksu Shachmeister/shutterstock

Após finalmente se livrar da injusta fama de vilão da saúde, o ovo passou a ser recomendado por médicos e nutricionistas como um alimento importante para manutenção e perda de peso, assim como na prevenção de doenças.

São vários os benefícios dos ovos para a saúde e, aprender a reconhecer quando ele está bom ou não para consumo, é fundamental para garantir uma refeição saborosa e livre de complicações.

Como saber se o ovo está estragado

Além de, claro, observar a data de validade na embalagem do alimento, é possível saber quando um ovo está estragado ou bom para o consumo com truques simples e fáceis que podem ser realizados em casa.

ovos clara gema 0319 1400x800
CobraCZ/Shutterstock

Observe a casca do ovo

Em alguns casos, é possível perceber quando um ovo está estragado apenas observando sua casca. Se ela está viscosa ou apresenta rachaduras, evite consumir o alimento, já que os sinais podem indicar presença de bactérias.

Cheiro do ovo estragado

O teste é simples, óbvio e o mais certeiro para descobrir quando um ovo está estragado. O odor ruim é inconfundível, estando o alimento cru ou cozido.

ovos alimentacao proteina 1118 1400x800
Krasula/shutterstock

Se o ovo boiar esta estragado?

O teste de flutuação do ovo também é conhecido e eficaz para descobrir se o alimento está bom para consumo. Coloque o ovo em um copo ou tigela cheio de água e observe: se ele afundar, está fresco. Se o ovo boiar, está estragado e deve ser descartado.

Barulho no ovo

Segure o ovo perto do ouvido e chacoalhe. Se não ouviu qualquer som, ótimo, ele está fresco e pode ser consumido. No entanto, se ao realizar o teste você escutar barulhinho do líquido se movendo, o alimento provavelmente está estragado.

ovos beneficios saude 0918 1400x800
Vastram/shutterstock

Ovo estragado: riscos

O risco maior e mais comum para a saúde no consumo do ovo é a salmonela, uma bactéria presente na casca do ovo que, no organismo humano, pode provocar contaminação e sintomas como calafrios, vômito, dor de estômago mal-estar e dor de cabeça.

A salmonela vive no intestino da galinha e, por isso, a contaminação pode ocorrer na casca no momento em que o ovo é posto. O alimento ainda pode ser contaminado em seu processo de formação e a bactéria, portanto, estar presente também dentro do ovo.

ovos com salmonella 0518 1400x800 2
Iryna Imago/Shutterstock

A recomendação, portanto, além de verificar os sinais óbvios de que um ovo está estragado, é sempre consumir o alimento bem cozido.

Como incluir ovos na alimentação