Lavar o cabelo com água mineral como Isis Valverde sai caro, mas salva o fio em 4 casos

cabelo mar isis valverde 112019 1400x800 0
Dilson Silva/AgNews | Dilson Silva/AgNews

O cabelão com aspecto natural de Isis Valverde é uma de suas marcas registradas e a atriz possui uma série de truques para manter a saúde dos fios, entre eles, máscara caseira com abacate e até leite integral para clarear as madeixas. Uma dica de Isis, no entanto, já é velha conhecida da mulherada: lavar o cabelo com água mineral.

O que a dica tem de eficiente, ela tem de inacessível. Só de pensar em jogar uma garrafa inteira de água mineral no cabelo, o bolso já começa a doer, né?

Por isso, você precisa saber que os benefícios da água mineral nos cabelos serão ainda mais potentes em quatro situações bem específicas. Se não dá para usar todo dia, saiba em que casos a água da garrafinha pode salvar os fios danificados.

Isis Valverde lava o cabelo com água mineral

isis valverde mar 112019 1400x1050
Dilson Silva/AgNews

Durante evento de lançamento da nova linha de produtos capilares da Eudora, a Siàge Nutri Ouro, ela revelou que, quando não está trabalhando, gosta de deixar o cabelo secar naturalmente, já que costuma utilizar muito secador, chapinha e babyliss em seu dia a dia. Além disso, ela contou que possui um truque na hora de lavar os fios para deixá-los com aspecto mais leve.

"Depois que eu lavo meu cabelo, eu jogo água mineral. Tira o resíduo de tudo o que tem na água que pesa o cabelo", diz.

Água mineral faz bem para o cabelo?

De acordo com a dra. Marcella Garcez, médica nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia, a água mineral pode ser benéfica aos fios por não apresentar quantidades excessivas de elementos que os danifiquem.

“Em locais onde a água encanada é muito rica em minerais calcários e cloro, o uso da água mineral para enxaguar a cabeça pode evitar o ressecamento dos fios”, explica.

lavar cabelo 1400x800 0817
georgerudy/shutterstock

Quando lavar o cabelo com água mineral?

Ainda segundo a especialista, a água mineral pode colaborar para a saúde dos fios em quatro casos específicos; nos cabelos descoloridos ou tingidos, após o contato das madeixas com a água salgada ou com o cloro da piscina e em casos de caspa e seborreia. Entenda caso a caso:

Cabelos descoloridos ou tingidos

Por não ter cloro, a água mineral não interfere na coloração dos fios, se tornando assim uma grande aliada para quem mantém colorações nas madeixas.

Após o contato com a água salgada

O cloreto de sódio (sal) é um dos minerais que resseca os fios e, além do mar, está presente na água encanada das regiões litorâneas. Desta forma, nessas regiões as pessoas com cabelos ressecados e danificados podem se beneficiar com o uso da água mineral para enxágue.

Isis Valverde, por exemplo, além de morar no Rio de Janeiro e gostar de banhos de mar, está sempre mudando a cor dos fios para personagens. No seu caso, a água mineral auxilia a manter a cor e tirar o sal.

cabelo tingido isis valverde 112019 1400x1189
Dilson Silva/AgNews

Após o contato com o cloro da piscina

A água mineral é aliada de quem frequenta piscina justamente por ser livre de cloro e sal, que ressecam e danificam os fios.

Casos de caspa e seborreia

Pessoas que possuem dermatite seborreica e caspa podem ter sensibilidade ao cloro e a outros elementos encontrados na água potável. Essa é uma condição individual, mas se for o caso, o uso de água mineral no cabelo pode ser uma estratégia benéfica para cuidar dos fios junto com tratamento adequado orientado por profissional.

Dicas caseiras para o cabelo