Acetona enfraquece unha e causa quebra: manicure ensina a escolher removedor certo

acetona removedor esmalte 0819 1400x800
Miriam Gil Albert/shutterstock

Apesar de tradicional e ter poderosa ação removedora, a acetona é um produto que tem ficado cada vez mais no passado. E o cheiro forte não é o único fator que faz com que a substância seja menos utilizada nos salões de beleza.

Acetona prejudica a saúde das unhas

Adriana Castro, manicure que atende pela Singu, plataforma de beleza e bem-estar, explica que, apesar de retirar o esmalte com mais facilidade, a acetona é prejudicial para a saúde das unhas.

esmalte removedor acetona 0118 1400x800
Carbonell/ Shutterstock

De acordo com a profissional, os componentes da acetona são agressivos e causam ressecamento, aumentando as chances de quebra e enfraquecimento. Na hora de retirar o esmalte, o ideal é utilizar os removedores próprios para a função.

O removedor de esmaltes é considerado a "evolução" da acetona, já que não é um produto tão forte, não causa alergias nem ressecamento e também garante o efeito desejado.

acetona removedor esmalte 0217 1400x800
prudkov/istock

Além de substituir a acetona pelo removedor de esmaltes, a manicure afirma que, para manter as unhas fortes, é fundamental usar bases fortalecedoras.

O produto protege a pontinha dos dedos, garantindo uma aplicação mais uniforme do esmalte. A base também protege as unhas mais fracas e quebradiças, evitando que as substâncias danosas dos esmaltes sejam absorvidas.

acetona esmalte unha 0319 1400x800
Vladimir Gjorgiev/Shutterstock

Por fim, a profissional afirma que as unhas precisam de um “tempo para respirar” entre uma esmaltação e outra para que fiquem sempre fortes e saudáveis. O uso excessivo de esmaltes impede que elas descansem das toxicidades presentes no produto.

Para evitar problemas como a quebra e as manchinhas brancas nas unhas, procure retirar o esmalte um ou dois dias antes de pintar novamente, aconselha a manicure.

Cuidados com as unhas