glam

Tratamento da espinha: médico lista ácidos e 5 opções que tratam de dentro para fora

espinha rosto pele 0419 1400x800
yurakrasil/Shutterstock

Usar gel secativo para cuidar de espinhas pode até funcionar em um primeiro momento, mas nem sempre é suficiente. Pessoas com predisposição genética à acne necessitam de um tratamento que resolva o problema pela raiz.

Esta é a recomendação do dermatologista Marco Rocha, que enumerou algumas formas de combater as espinhas de dentro para fora:

  1. Beber bastante água
  2. Cuidar da alimentação
  3. Evitar excessos de álcool e cafeína
  4. Praticar exercícios físicos
  5. Manter uma boa rotina de sono

Medicamentos contra espinhas

espinhas acne queixo 0519 1400x1000
Anetlanda/Shutterstock

Hábitos saudáveis podem ajudar, mas não garantem que a pessoa estará livre das espinhas. Na hora de escolher um tratamento, fique longe das receitas caseiras e procure um médico antes de qualquer coisa.

Os dermatologistas podem indicar a aplicação tópica de cremes com ácido ou até mesmo medicamentos de uso oral. Veja a seguir as substâncias mais receitadas pelos médicos para combater espinhas:

Ácido azelaico

Trata-se de uma substância natural, encontrada em cereais como trigo e cevada. É usado na forma de creme e tem propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antioxidantes, além de diminuir a oleosidade causadora de espinhas na pele.

creme espinha rosto 0419 1400x800
Boyloso/Shutterstock

Tretinoina (Ácido retinoico)

Derivada da vitamina A, a substância está presente em cremes de uso tópico para tratamento da acne, e serve para inibir a produção de secreção sebácea pela pele, evitando o entupimento dos poros e o surgimento de espinhas.

Isotretinoina

Esta outra versão do ácido retinoico também pode ser encontrada em cápsulas, que são indicadas para os casos mais severos de acne.

pele acne cicatriz
Budimir Jevtic/Shutterstock

Peróxido de benzoila

É um dos princípios ativos mais usados em produtos para combater espinhas disponíveis no mercado. Costuma ser vendido na forma de gel e tem ação bactericida e antisseborreica.

Espironolactona

Geralmente receitado para pacientes com hipertensão pelo efeito diurético que regula o sódio no organismo, o comprimido também tem sido usado para tratar acne, pois ajuda a reduzir os níveis de hormônio masculino, diminuindo a oleosidade da pele.

Adapaleno

Oferecido na forma de creme, tem propriedades semelhantes às do ácido retinóico, ajudando a controlar a oleosidade e a renovar as células da pele, além de possuir propriedades anti-inflamatórias.

Tratamentos contra espinhas