glam

3 tratamentos indicados para quem quer clarear manchinhas das sardas

sarda 0219 1400x800
Jet Cat Studio/Shutterstock

Considerada um charme para uns e um incômodo para outros, as sardas são pequenas manchinhas acastanhadas que, normalmente, surgem na pele do rosto, podendo surgir também em outras partes do corpo. De acordo com a dermatologista Bruna Rezende, elas são causadas pelo aumento da melanina, que é o pigmento que dá cor à pele, e tendem a escurecer mais durante o verão.

Como surgem?

olhos sardas jovem 1217 1400x800
Irina Bg/shutterstock

Também conhecida como efélides, as sardas podem surgir por dois fatores: genética ou exposição solar. Enquanto as sardas hereditárias podem surgir na infância, as manchas causadas pelo sol começam a aparecer na adolescência mas podem se estender até a vida adulta.

Tratamento

sol protetor praia 0918 1400x800
Tymonko Galyna/Shutterstock

Para algumas pessoas, as sardas no rosto são motivo de grande incômodo. Pensando nisso, Rezende selecionou três tratamentos comuns e eficazes para diminuir a incidência das manchinhas, bem como amenizar seu aspecto.

A profissional ressalta que, seja qual for o tipo de tratamento selecionado, é importante utilizar sempre um protetor solar com FPS mínimo de 30 e evitar exposição solar excessiva, pois os raios UV podem danificar a pele, além de escurecer ainda mais as sardas.

Cremes ( ácidos) clareadores

Permitem clarear a pele ao longo de vários meses de uso e podem ser comprados na farmácia ou manipulados.

pele creme limpeza 0219 1400x800
Geinz Angelina/shutterstock

Laser

Utiliza luz intensa pulsada para clarear as manchas das sardas, podendo ser feito no consultório do dermatologista. O número de sessões é variável

Peeling químico

O ácido é aplicado em maior concentração, no consultório médico. Ele remove as camadas danificadas da pele, clareando as sardas.

Cuidados com a pele