glam

4 alimentos que destroem o colágeno do seu rosto e aumentam rugas e pé de galinha

espinha pele mulher 0119 1400x800
Geinz Angelina/shutterstock

Os alimentos escolhidos para as refeições diárias podem contribuir com surgimento daquelas ruguinhas e linhas de expressão que você vê no espelho. Uma dieta rica em frituras, alimentos processados e açúcar compromete a produção de colágeno pelo organismo.

Estas fibras presentes em diversos tecidos do corpo são responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele. Com o passar do tempo, há uma diminuição natural na produção de colágeno: estima-se que após os 25 anos, há perda de cerca de 1% do colágeno por ano.

Alimentos que prejudicam a produção de colágeno

Além de fatores naturais relacionados ao envelhecimento, uma alimentação pobre em nutrientes afeta a produção de colágeno e favorece o aparecimento de marcas de expressão no rosto. Isso porque ingredientes de baixa qualidade, como aqueles ricos em gorduras trans, por exemplo, causam inflamações que podem levar a danos no colágeno da pele.

Enquanto alguns ingredientes como carnes, ovos, frutas ácidas e verduras com folhas verdes potencializam a produção destas fibras elásticas, outros desencadeiam processos inflamatórios que aceleram o envelhecimento da pele. Para manter a cútis sempre jovem e saudável, é importante limitar o consumo destes alimentos:

Doces

O excesso de açúcar de açúcar no organismo causa a chamada glicação, processo onde uma molécula de glicose se junta com uma de proteína, como o colágeno por exemplo, danificando sua estrutura. Com isso, há perda da elasticidade de tonicidade da pele, possibilitando o surgimento de rugas.

mulher doce bolo 1118 1400x800
Phovoir/Shutterstock

Frituras

Os alimentos fritos em óleo podem aumentar os processos inflamatórios nas células, levando à destruição de colágeno que dá firmeza e elasticidade à pele. Há o envelhecimento precoce e o aparecimento daquelas ruguinhas indesejadas. Por isso, é importante evitar frituras e outros tipos de gorduras presentes nos rótulos de alimentos processados, como gorduras trans e óleos hidrogenados.

Carnes gordas e processadas

Carnes processadas como salsichas e bacon, por exemplo, geralmente contêm altos níveis de gorduras saturadas e nitratos, que também levam às inflamações que culminam com o envelhecimento celular. A dica é optar por carnes vermelhas magras e outras opções como peito de peru e frango.

Álcool

O uso de álcool é um dos responsáveis pelo desgaste na produção de colágeno, já que altera a produção de enzimas e estimula a formação dos radicais livres, causando o envelhecimento. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a exceção à regra é o vinho tinto: quando consumido moderadamente, tem ação antioxidante que combate os radicais livres.

Dicas para manter a pele firme