glam

Há 7 erros que você deve evitar se quer ter unhas saudáveis

mulher lixa unha 1216 1400x800
Petar Djordjevic/shutterstock

As unhas são compostas de uma proteína rígida chamada queratina. É por isso que elas não conseguem ser resistentes tanto quanto aparentam à primeira vista. Dependendo da frequência com que você maltrata suas mãos, pode ter unhas mais ou menos saudáveis. A seguir, anote sete erros que podem comprometer sua manicure.

Cuidado com as unhas: erros

1. Contato direto com produtos de limpeza

Quem tem exposição contínua a produtos de limpeza pode ter as unhas enfraquecidas e descamadas. Para evitar que isso ocorra, use luvas de borracha ou silicone para proteger as unhas. Se mesmo assim o problema persistir, é importante consultar um dermatologista.

2. Roer e desfiar as fibras da unha

O hábito de manter os dedos na boca, mantendo a cutila sempre molhada ou mordendo e rasgando suas fibras, vai estimulando a má formação das unhas e deixando-as onduladas, descamadas e laminadas.

3. Falta de hidratação

Muita gente não sabe, mas, além de higienizar as unhas, é necessário também hidratá-las. Como a formação delas é extremamente pobre em nutrientes, é preciso usar cremes ou óleos com frequência. Porém, essa absorção só ocorre quando a mão está sem esmalte. 

4. Traumas e lesões na sua formação

Nunca toque na base. Essa área que se situa bem na base das unhas é uma fração viva protetora. Muitas vezes, é confundida com cutícula e empurrada sem cuidado, colocando em risco a matriz e causando as deformidades e manchas de unha.

manicure cuticula alicate 0916 1697x1131
Michal Kram/istock

5. Remoção das cutículas

Mantenha as cutículas saudáveis. Elas são essa zona de pele "morta” ao redor da unha, que quando está seca se descama e não ajuda na hora de esmaltar. Mantenha as cutículas hidratadas com óleos especiais, muitos vêm com pincel para tornar a aplicação mais fácil, e empurre com o palito de madeira.

6. Exagero no uso da lixa

Muitas vezes, lixar em excesso a unha favorece que se elas quebrem e fragmentem. É melhor cortá-las, se necessário, e com cuidado, e lixar apenas para dar acabamento e numa única direção.

7.  Falta de descanso mínimo de 24h

Não permitir que as unhas fiquem sem esmalte para descansar é outro grande vilão da sua saúde. Retirar o esmalte um dia antes de ir à manicure já é capaz de permitir que as unhas respirem e recuperem a hidratação. A química do esmalte impermeabiliza e bloqueia a absorção de qualquer substância, o que pode torná-las quebradiças e ressecadas.

Sinais da saúde nas unha