glam

Cuidado com receitas caseiras! 4 ingredientes que você JAMAIS deve passar no rosto

mascara facial espelho 0817 1400x800
Jacob Ammentorp Lund/istock

Em busca de soluções milagrosas, muita gente acredita nas sugestões compartilhadas pela internet, inclusive, que ensinam como fazer tratamentos caseiros de beleza.

Porém, algumas fórmulas, mesmo que naturais, podem ter um efeito contrário na pele - principalmente se adotadas na derme sensível e delicada do rosto. A seguir, conheça quatro ingredientes que devem passar longe da sua cútis.

Nunca aplique no rosto

1. Açúcar

Segundo a dermatologista Valéria Campos, o açúcar pode ser muito agressivo para pele do rosto, o ideal para preparar seu esfoliante é substituí-lo por outro ingrediente. Essa agressão provocada pelo açúcar pode até inflamar a pele e causar manchas. Segundo a especialista, o açúcar pode ser usado como esfoliante em partes do corpo que não sejam tão sensíveis quanto o rosto, como o cotovelo e os pés.

2. Água de arroz temperado

Seguindo a dica da dermatologista Christiane Gonzaga, um bom produto caseiro para clarear a pele é a água de arroz. "O ácido kojico, substância clareadora presentes em muitos cremes, vem do arroz", conta. Porém, jamais aplique no rosto a água do arroz que foi preparado com óleo, sal ou qualquer outro ingrediente, que podem causar alergia e manchas graves na pele sensível e delicada do rosto.

3. Bicarbonato de sódio

Algumas pessoas têm usado máscara caseira feita com bicarbonato de sódio para eliminar cravos e espinhas rosto, mas a dermatologista Mônica Aribi alerta para o ingrediente, que pode causar formigamento, queimação e vermelhidão. Além de ser perigoso, o bicarbonato resseca a pele, mas é incapaz de secar os cravos. Geralmente, o orifício dos comedões é muito profundo, e o ingrediente não faz com que o cravo saia.

mascara facial citricos laranja 0817 1400x800
Voyagerix/istock

4. Suco de limão

Na internet há diversas indicações de fórmulas para clarear a pele com limão, porém seu uso na pele é completamente desaconselhado. O limão mancha muito facilmente, por isso, é contraindicado aplicá-lo na pele independentemente da finalidade. Contra a acidez do limão, há ainda o alerta do risco de queimadura e lesão grave no rosto causada por substâncias presentes na casca da fruta. De acordo com a dermatologista Mônica Aribi, essas manchas ocorrem por causa de uma substância chamada bergapteno, presente nas cascas das frutas verdes.

Dicas de dermatologistas