glam

2 tipos de queimaduras nos lábios causadas por agressores comuns e perigosos: veja!

labios sinais saude
iordani/Shutterstock

Para ter lábios saudáveis e exuberantes, é preciso cuidado e proteção. De acordo com a dermatologista Claudia Marçal, essa é uma região extremamente delicada, de pele fina, formada por uma semimucosa: uma transição da mucosa oral para a pele ao redor dos lábios. Essa região é amplamente agredida pelo movimento da musculatura e pelo contato com alimentos, bebidas, saliva, cosméticos. Mas também há toda a exposição às intempéries climáticas, como sol e frio, que podem causar queimaduras.

Queimaduras que ressecam lábios

Segundo a dermatologista, os lábios tendem a ser mais ou menos ressecados e isso depende muito da característica de cada um. Quanto mais clara for a pessoa, mais tendência a ter os lábios delicados e sensíveis ao sol e ao frio. Esses dois agressores são os principais responsáveis pelo envelhecimento da região dos lábios.

Queimadura de sol

A queimadura causada pelo sol muda a estrutura celular e pode, com o tempo, provocar alteração na morfologia das células. “O lábio também começa a ficar mais ressecado, descamativo, com surgimento de fissuras e rachaduras", explica a médica. Ela ainda alerta que um dos cânceres mais comuns na região da face é na região dos lábios e o mais comum deles é o carcinoma espinocelular. 

silencio labios segredo 0117 1400x800
Tomas Urbelionis/Shutterstock

Queimadura de frio

As baixas temperaturas causam um tipo de queimadura que é por desidratação, não por dano inflamatório pela radiação UVA e UVB. "Nesse caso, essa queimadura não tem um potencial carcinogênico como a do sol”, explica. Durante o inverno, há uma diminuição da produção natural das glândulas que lubrificam a região, então existe um maior ressecamento porque a pele fica menos hidratada e lubrificada.

Cuidados com a boca: