glam

É normal ver casquinhas no couro cabeludo depois da progressiva: o que é isso?

coceira pela caspa 0117 1400x800
Goncharov_Artem/Shutterstock

Muitas mulheres que recorrem a procedimentos químicos de beleza e de tratamento dos cabelos percebem um efeito colateral recorrente no couro cabeludo: o surgimento de casquinhas. Essa descamação do couro cabeludo é um processo que geralmente aparece quando a pele entra em contato com um agente químico que agride a região. No caso da escova progressiva, a química é tão forte que costuma irritar o couro cabeludo.

Qual o risco de tratamentos químicos?

Se o produto usado no alisamento químico como a escova progressiva cair em seu couro cabeludo e for aquecido, por exemplo, ele vai se transformar em um tipo de capa, que é o que acontece com os fios. Essas cascas que podem surgir são uma resposta à lesão, que vão cobrir e entupir os foliculos capilares, causando essa reação natural de descamação porque seu couro cabeludo precisa respirar.

O tratamento tóxico da escova progressiva ainda pode ressecar e até causar queimadura do seu couro cabeludo se houver o contato direto. E, quando a pele desta região sofre um ressecamento extremo começa a produzir óleo em excesso, o que torna o ambiente propício para a proliferação de fungos e bactérias, causadores da caspa, por exemplo, podendo provocar ainda muita coceira e feridas no couro cabeludo.

caspa machucado cabeca 0816 1400x930
Meryll/Shutterstock

Qualquer tipo de problema dessa natureza não deve ser tratado com shampoo anticaspa apenas. Além de não resolver o problema pela origem - que é a lesão no couro cabeludo, e o produto pode abrir ainda mais a cutícula dos fios os deixando super ressecados. Com isso, o alisamento também deve durar menos tempo.

Por isso, é tão importante ir a um bom profissional, que use apenas produtos certificados e seguros para os cabelos e, sobretudo, que evite deixar a química encostar no couro cabeludo.

Dicas de hidratação para cabelo