4 coisas que só de olhar você já consegue descobrir se a cachaça é da boa

Divulgação

Por ser uma bebida destilada, a cachaça precisa ter uma aparência agradável e coerente com seu requinte para representar produto com qualidade. Por isso, o CEO da Middas e sommelier de cachaça, Leandro Dias, dá dicas de como examinar essa aparência para poder julgar a excelência da bebida genuinamente brasileira. Confira a seguir quais são os aspectos mais importantes a serem observados no visual de uma boa cachaça:

Características de cachaça boa

Limpidez
Toda cachaça precisa ter aparência límpida sem nenhuma partícula em suspensão ou no fundo da garrafa. A presença dessas partículas indica que o processo de produção, filtração e o armazenamento da bebida não se enquadram nos padrões mais exigentes de higiene e pureza.

bitenka/istock

Transparência
Jamais a cachaça deve ser turva, em nenhuma situação, pois sua turbidez indica falha no processo de homogeneização da bebida ou erro na destilação. A cachaça deve ser sempre translúcida.

Brilho
Características de limpidez, viscosidade e transparência reunidas causam reflexos intensos na cachaça e dão a ela um bonito e inconfundível aspecto brilhante. Ainda que por si só o brilho não signifique que a cachaça é perfeita, esse aspecto da aparência é comum a todas as bebidas de qualidade.

Cor
Tons de castanho, amarelo e alaranjado são algumas das cores de compostos contidos nas madeiras, os quais são solubilizados pela cachaça. A cor pode ser mais ou menos intensa, de acordo com o tempo de envelhecimento, a espécie da madeira, as condições do tonel e do ambiente onde se desenvolve o processo.

Mais sobre bebidas alcoólicas