Pessoas que acordam cedo são mais produtivas?

89598

Uma pesquisa publicada na revista Harvard Business Review revelou que as pessoas que acordam cedinho são mais produtivas, enquanto as que dormem muito tarde são mais criativas. Mas será que isso é regra?

Na opinião de Christian Barbosa, especialista em administração de tempo e produtividade e fundador da empresa Triad PS, é fato que o sono pode influenciar na produtividade, mas não é possível criar estereótipos como os da pesquisa.“Acredito que produtividade e criatividade não têm relação com o fato de a pessoa trabalhar de manhã ou à tarde. Isso varia de acordo com o ritmo de cada um. Há certos horários do dia em que essas habilidades estão mais aguçadas, mas não há padrão para isso”, diz Christian.

Dra. Luciana Palombini, do Instituto do Sono, concorda com Barbosa e diz que não há evidências para fazer esta conclusão hoje. “O estudo demonstrou esta tendência através de questionário, mostrando que os vespertinos foram mais criativos nas respostas. Porém, outros fatores não avaliados podem estar envolvidos, como, por exemplo, o tipo de personalidade”.

A médica lembra que o relógio biológico funciona de diferentes maneiras nas pessoas. Na prática, se observa que muitos artistas e músicos têm mais inspiração à noite. Mas ainda não se sabe a causa para tal observação. “Para os vespertinos, o período melhor para trabalhar é à noite, é quando eles se sentem mais ativos e capazes. Já para os matutinos, o melhor período será pela manhã, pois à noite já começam a apresentar queda de atividade”, explica.

Christian garante que poucas horas de sono comprometem o rendimento do ser humano, uma vez que um corpo cansado dificulta concentração e, conseqüentemente, o despertar da criatividade e da produtividade. Dra. Luciana concorda mais uma vez e acrescenta que o sono é muito importante para produtividade, pois durante este processo ocorrem períodos de recuperação e de aumento de atividade cerebral.

“Existe o sono de ondas lentas, no qual o cérebro descansa e com isto fica mais bem preparado para as diversas funções do dia e há também o sono REM, fundamental para atividade cerebral. É quando acontecem os sonhos e o cérebro aumenta a atividade”, diz. “Com isto, os funcionamentos cerebral e emocional ficam em melhores condições para produtividade e desempenho”, completa.

Uma dica importante do administrador para não bloquear essas duas habilidades tão importantes é parar de uma vez por todas com essa história de separar a vida pessoal da profissional. Os “insights” nem sempre tem hora para aparecer. “É inevitável você pensar no trabalho enquanto está descansando e pensar no descanso enquanto está trabalhando. O que precisa ser encontrado é o equilíbrio, para que a pessoa não fique estressada”.

Segundo orientações da médica, o indivíduo que trabalha à noite pode tirar rápidos cochilos durante o período da noite para melhorar o alerta, além de ter o período de sono durante o dia. Para isto ele deve favorecer o sono, ou seja, deixar o ambiente mais escuro e silencioso possível.

“Cada pessoa tem um perfil de sono, porém se ela se sente sempre cansada e com sonolência, independente do que ela faça, é melhor procurar um especialista em medicina do sono. É muito freqüente o indivíduo apresentar um distúrbio do sono sem saber. E ele poderia ser tratado”, alerta Dra. Luciana.

Já curtiu a página do BOLSA DE MULHER no Facebook?

LEIA TAMBÉM:

Redes sociais versus produtividade - Elas podem comprometer sua eficiência. Veja dicas para diminuir o desperdício de tempo!

Ócio criativo - Distrair as idéias pode ser a melhor solução para a improdutividade