Zonas erógenas são a chave para atingir os melhores orgasmos

zonaserogenasd shutterstock 71809441
Shutterstock

Atenção: Esta matéria contém teor sexual e é imprópria para menores de 18 anos.

Penetração não é tudo no sexo, não é mesmo, meninas? Já é mais do que sabido que nós precisamos de carícias envolventes, beijos e mordidinhas pelo corpo para que a vontade cresça e a relação fique mais prazerosa. Mas esses carinhos, para serem mais eficientes, podem ser feitos em algumas áreas específicas, que são capazes de levar qualquer uma à loucura.

Leia também

Guia do pênis: entenda como ele funciona e dê mais prazer ao parceiro

Conheça as 7 posições sexuais que mais estimulam o prazer

Orgasmos múltiplos existem e podem ser sentidos por todas

Essas partes, mais irrigadas de sangue e, por isso, mais sensíveis ao toque, são chamadas de zonas erógenas e existem também nos homens, mas em pontos diferentes. Nas mulheres elas são encontradas ao longo da coluna vertebral, além do pescoço, orelha, seios, entre os braços, parte interna das coxas e pés.

"O toque nas zonas erógenas, para ser mais prazeroso, pode ser feito com a língua, com o próprio corpo, órgãos genitais ou com a mão, que pode ter o auxílio de géis, a fim de promover um toque mais sensível", ensina a sexóloga Carla Cecarello.

Segundo a especialista, quando bem estimuladas, essas áreas podem provocar orgasmos antes mesmo de chegar à penetração ou consumar o sexo. "Há possibilidade de isso acontecer se a mulher estiver muito entregue e relaxada". Talvez esteja aí a chave do sucesso!

Zonas erógenas masculinas

Como dissemos, nos homens os pontos são um pouco diferentes. Se você também quiser proporcionar ao seu parceiro um orgasmo ainda mais gostoso, pode centralizar as carícias ao longo da coluna vertebral, pescoço, mamilos (para alguns) e virilha.

"Para acariciar as zonas erógenas dos homens é preciso ser mais direta. Ao contrário das mulheres, que preferem estímulos menos ligados ao órgão genital, eles gostam muito mais do toque mais próximo ao pênis. Por isso a virilha é uma grande arma para deixar o homem excitado", conta Carla.