Sexo: 10 maneiras garantidas de entrar no clima

autoconfianca sexo segura de si
Thinkstock

No início da relação, tudo são flores. Você e ele estão sempre a ponto de bala, e o maior desafio que você tem é o de conseguir desgrudar dele e sair da cama para ir trabalhar. Porém, com o passar dos anos, esse desejo urgente vai diminuindo. Vocês, agora, têm filhos para criar, contas para pagar e inúmeros problemas para resolver e, quando menos percebem, o sexo esfriou. Vocês até praticam vez ou outra, mas, na maioria delas, sem vontade, só por obrigação. É possível reverter este quadro e retomar a mesma animação do início do namoro?

Leia também:

Está insatisfeita no sexo? Saiba como abrir a comunicação com o parceiro

10 fantasias sexuais para apimentar a relação

Dez dicas básicas para um sexo mais gostoso

A revista americana Cosmopolitan conversou com 3 especialistas no assunto que não só garantem que sim, como ensinam 10 maneiras garantidas de espantar o desânimo do quarto e entrar no clima rapidinho.

1. Resolva suas pendências

Listar itens da sua lista de tarefas pendentes te deixará com a mente mais livre para o sexo. "Pesquisas mostram que, diferente do homem, para que a mulher relaxe, fique excitada e tenha um orgasmo, as partes de seu cérebro que estão associadas a problemas externos precisam ser desativadas durante o sexo", argumenta Ian Kerner, PhD, terapeuta sexual e fundador do site Good in Bed.

2. Vá malhar

O exercício físico causa um efeito dominó: quando você se sente bem consigo mesma, tem muito mais vontade de queimar calorias também debaixo dos lençóis. "Não apenas você se sentirá mais disposta depois de uma sessão de suor, mas também obterá endorfinas, que te colocam no clima para o sexo", afirma o Dr. Dennis Lin, diretor do Programa de Medicina Psicossexual do Beth Israel Medical Center, em Nova York. Malhar junto com seu parceiro também é uma ótima maneira de passar mais tempo junto com ele, e, ainda, "como são usadas menos roupas, normalmente, é um jeito fácil de observar o corpo do seu parceiro e excitar-se", completa o especialista.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Malhem juntos! Além de o exercício físico aumentar a disposição para o sexo, vocês passarão mais tempo perto e ainda poderão se ver em roupas sensuais (Crédito: Thinkstock)

3. Observe seu marido brincando com os filhos

De acordo com o Dr. Ian, muitas mulheres afirmam ficar mais interessadas no sexo depois de observarem seus parceiros interagindo com os filhos. "Faz sentido do ponto de vista evolucionário: saber que seu marido é um bom pai irá validar e estimular seus impulsos reprodutivos. Todos saem ganhando!", comenta.

4. Vá a um bar com seu parceiro e paquerem outras pessoas

"Ver seu parceiro sendo desejado por outra pessoa pode fazer com que você o deseje ainda mais", afirma Stacey Nelkin, especialista em relacionamentos. "Aquela pequena quantidade de ciúme pode ser um afrodisíaco se consumida na dose certa", garante. No entanto, certifique-se de pré-estabelecer regras antes de tentar essa técnica.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Tem a fantasia de transar na praia? Conte para ele e inove! (Crédito: Thinkstock)

5. Abrace-o (por pelo menos 30 segundos)

"Estudos mostram que, especialmente em mulheres, quando você abraça seu parceiro por 30 segundos ou mais, são produzidas oxitocinas, hormônios que estimulam os sentimentos de confiança, conexão sexual e desejo", explica Dr. Ian. "Durante o abraço, ele recomenda aproximar-se do pescoço do parceiro e inspirar profundamente. "Se você gosta do cheiro dele – e a maioria das mulheres gosta, por razões biológicas –, deve funcionar como um afrodisíaco", completa.

6. Crie uma regra de não tocar abaixo da cintura

Aplicar esse plano pelos primeiros 20 a 30 minutos de contato íntimo não só irá forçá-los a focar mais nos toques e beijos – carinhos que, segundo Dr. Dennis, as pessoas tendem a abondar quando se apressam para realizar a penetração –, mas também irá criar uma novidade. "Fazer algo novo estimula a dopamina, um neurotransmissor muito importante para a excitação sexual", afirma Dr. Ian.

7. Divida suas fantasias sexuais com seu parceiro

De acordo com Dr. Ian, "o cérebro é seu maior órgão sexual. Você não pode depender apenas da estimulação física do sexo; também deve tirar vantagem do poder da mente." Se você se sente tímida para compartilhar suas fantasias e desejos com o namorado ou marido, o especialista sugere dizer que você teve um sonho erótico com ele, aliviando, assim, a vergonha e medo de julgamento. Já o Dr. Dennis recomenda a alguns de seus pacientes que enviem mensagens de texto aos parceiros contando suas fantasias sexuais para se sentirem mais confortáveis com a ideia de compartilhar.

8. Institua a regra dos 10 minutos

"Mesmo quando você não está no clima, se dê 10 minutos para dar uma chance ao sexo", diz Dr. Ian. De acordo com ele, a maioria das pessoas que estão presas em uma rotina não tem nada contra o sexo, elas querem querer sexo, mas simplesmente não se dão essa chance. "Se deixe levar, e seu corpo irá acompanhá-la rapidamente", garante.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Não está no clima? Se dê 10 minutos e perceberá a excitação aumentar (Crédito: Thinkstock)

9. Experimente uma nova personalidade

É fácil cair na mesma sequência de atos e posições uma vez que vocês estão na cama. Faça um esforço para mudar isso. "Nós somos criaturas visuais, então comprar um novo tipo de lingerie ou prender seu cabelo de uma maneira diferente irá criar um senso de novidade", afirma Stacey. Uma pequena mudança pode inspirar grandes transformações no quarto, como tentar novas posições ou dividir fantasias.

10. Masturbe-se

"As pessoas às vezes pensam que, se você se masturbar enquanto está em um relacionamento, estará, de alguma forma, traindo seu parceiro, ou então que seu parceiro não está te satisfazendo. Isso não é verdade", diz Dr. Dennis. De acordo com ele, para muitas pessoas, o ato é um escape sexual saudável, além de ser um meio mais do que garantido de aumentar a vontade para o sexo, seja quando você pratica sozinha ou na cama com seu parceiro.