mulher

TPM tem mais de 200 sintomas catalogados pela medicina

tpm sintomas
Thinkstock e Arte Bolsa de Mulher

Um homem nasce com baixa produção de testosterona, que aumenta na puberdade, se mantém estável e depois cai, na andropausa. Uma mulher nasce com uma quantidade reduzida de estrógeno e progesterona, que aumentam na primeira menstruação e, a partir daí, começam a oscilar freneticamente a cada duas semanas até a menopausa. Toda esta variação hormonal é acompanhada pela variação de humor. Enquanto eles são mais estáveis, as mulheres oscilam emocionalmente durante todo o período fértil.

Leia também:Como acabar com os sintomas da TPMTPM: irritação, dor, inchaço e outros sintomas resolvidos: descubra como3 frutas que combatem os sintomas da TPM

O que é TPM?

A Tensão Pré Menstrual (TPM) nada mais é do que este conjunto de sintomas físicos e emocionais que começam no meio do ciclo menstrual da mulher e desaparecem instantaneamente quando chega a menstruação. Ela só acontece depois da primeira menstruação, e última fase da puberdade, mas para algumas mulheres pode levar até três anos após o primeiro sangramento, ou menarca. São mais de 200 sintomas que variam de mulher para mulher e, por esse motivo, podem atrapalhar a rotina e realização de atividades simples. No geral, a TPM pode ser classificada em três níveis diferentes de intensidade.

Níveis de TPM: são três

Leve

Em 7 de cada 10 mulheres, a crise é de nível leve. É o caso mais comum, que pode ser minimizado com atividades físicas. A prática de exercícios libera endorfina, hormônio que provoca sensação de prazer e bem-estar, alivia tensão, e que pode reduzir sintomas como dor no corpo e inchaço.

Moderado

Até 2 em cada 10 mulheres sofrem sintomas que são esperados pela família e namorado que, por já conhecerem a crise, ficam em estado de alerta. O uso regular de anticoncepcional pode ser reduzir a intensidade da TPM, pois também diminui a variação hormonal.

sintoma tpm 2
Thinkstock

Extremo

O nível extremo acomete 1 em cada 10 mulheres. Em crises deste nível, a mulher é torna capaz de se precipitar em tomar atitudes que podem causar arrependimento depois que os sintomas passarem. Pela seriedade dos sintomas, é necessário procurar um médico, que pode até receitar antidepressivos.

Sintomas relacionados ao estrogênio e progesterona:

O estrogênio e a progesterona desempenham diferentes papéis no corpo da mulher. Na primeira fase do ciclo, o estrógeno está em ascensão e a progesterona, em baixa quantidade no organismo. Após a ovulação, começa a TPM, e as variações hormonais passam a determinar mudanças sentidas no nosso corpo e humor. As alterações fisiológicas têm mais relação com a progesterona, enquanto as emocionais são mais associadas ao estrógeno.

Mudança de humor

O estrógeno influencia a qualidade do nosso humor, porque está associado à produção e ação da serotonina. As pesquisas indicam que conforme o estrógeno sobe, a serotonina - hormônio que provoca sensação de bem estar - também. E assim vice-versa.

Depressão

Além do cansaço, ansiedade, irritabilidade, e sensibilidade emocional, o sono também pode ser afetado. Por isso, a primeira dica é tentar dormir mais e melhor. Evite comer demais e beber álcool logo antes de dormir. Também não é recomendada a cafeína durante este período. Se você se sente depressiva, pratique atividade física de manhã para ter disposição através da liberação de endorfinas.

Retenção de líquido

A progesterona tem um efeito chamado "mineralocorticóide", que age nos receptores dos rins responsáveis pela reabsorção da água, estimulando-a. Ou seja, ela dificulta a eliminação de água pelo rim, favorecendo a retenção de líquido durante o período pré-menstrual e consequentemente os principais sintomas físicos, como inchaço e dor nas mamas.

Dor nas mamas (mastalgia)

Depois que se preparam para amamentar, as mamas, antes inchadas e doloridas, desincham. Isso ocorre devido a ação cíclica do estrogênio e da progesterona. Portanto, é normal. A intensidade e duração da dor não dependem da quantidade de hormônios produzidos nos ovários, mas o estress e a ansiedade também estão associados à mastalgia. Mulheres com TPM podem ter dor mamária. Porém, mais de 80% das mulheres com mastalgia não tem TPM.

Inchaço

sintoma tpm 3
Thinkstock

Compulsão

Um dos piores sintomas para as mulheres porque aumenta a quantidade de açúcar e gordura disponível, e desencadeia outros sintomas. Neste caso, opte por preparações de lanches saudáveis, frutas e tente comer de três em três horas. Alimentos ricos em fibras têm maior poder de saciedade e podem ajudar a controlar a compulsão.