mulher

Quem tem mais risco de ter pedra na vesícula: 9 fatores desencadeantes

Thinkstock

Estima-se que 10% da população desenvolvem pedra na vesícula, uma incidência que pode variar de acordo com a região do planeta. Grande parte dos cálculos biliares são assintomáticos, mas algumas pessoas descobrem o problema ao realizar exames após experimentarem intolerância a alimentos gordurosos, dor no lado direito do abdômen, dor de cabeça, distensão abdominal e enjoo.

Leia também:Fazer sexo pelo menos 3 ou 4 vezes na semana ajuda a expelir pedra do rim; entendaPedras na vesícula

A bile, uma solução composta principalmente por água, colesterol, sais biliares e bilirrubina, é produzida pelo fígado, circula pelos canais hepáticos e é armazenada na vesícula biliar. Quando está hipersaturada, formam cristais que se precipitam e formam as pedras. Conheça fatores desencadeantes e quem possui mais riscos de desenvolver o problema:

dor barriga colica 3
Thinkstock

Mulheres em idade fértil, por volta dos 40 anos.

barriga gordinha 2
Thinkstock

Obesidade.

preguica sofa 5
Thinkstock

Sedentarismo.

dor barriga sofa 3
Thinkstock

Lesões pépticas, como as úlceras duodenais.

medicos cirurgia 1
Thinkstock

Cirurgias gástricas para tratamento de câncer e de úlceras.

dor barriga colica 2 2
Thinkstock

Reposição hormonal (estrogênio).

cigarro cinzeiro 2
Thinkstock

Tabagismo.

bacon prato 1
Thinkstock

Consumo excessivo de gordura e carboidratos refinados.

diabetes 0
Thinkstock

Diabetes.