mulher

Efeito sanfona detona a saúde do coração e dos vasos sanguíneos

efeito sanfona
thinkstock

Perder peso rápido é o desejo de muitas mulheres. O problema é que, depois do emagrecimento a jato, o peso eliminado costuma voltar e até aumentar. Esse é o chamado efeito sanfona, que pode trazer sérias consequências para a saúde.

Leia tambémComo evitar o efeito sanfona depois de emagrecerTomar café da manhã ajuda a evitar o efeito sanfonaEfeito sanfona pode ser causado por hormônios desregulados

O que é efeito sanfona? 

Comum depois de dietas restritivas, o efeito sanfona é desencadeado pela privação prolongada de alimentos durante uma dieta. "Quando há perda rápida de peso, o metabolismo fica mais lento para manter sua reserva de energia", explica o cardiologista Hélio Castello, da clínica Angiocardio. Isso significa que, enquanto você estiver lutando para eliminar gorduras, o desejo do seu corpo será armazená-las. Esse cabo de guerra provavelmente chegará a um fim quando você deixar de fazer dieta e seu corpo recuperar os quilos perdidos.

efeito sanfona 2
thinkstock

Como o efeito sanfona prejudica a saúde do coração

De acordo com o cardiologista, emagrecer rapidamente e depois engordar exige muito do coração, que precisa se adaptar às novas características físicas da pessoa. Afinal, é esse órgão o responsável pela distribuição de sangue para todo o corpo e o aumento de peso e consequente acúmulo de gordura dos vasos sanguíneos exigirá dele uma força maior de bombeamento.  A longo prazo, esse processo está relacionado a doenças como a insuficiência cardíaca.

Além disso, a oscilação de peso está ligada ao aumento do colesterol, da pressão arterial e alterações da função renal, que, indiretamente, afetam a saúde do coração e dos vasos.

Por último, caso a opção seja por uma dieta que elimine carboidratos e aumente o consumo de gorduras, será maior o risco de doenças das artérias coronárias, responsáveis pela chegada de sangue ao músculo cardíaco e relacionadas a problemas como angina e infarto.