mulher

Cirurgia íntima para diminuir pequenos lábios: 7 fatos respondidos

cirurgia intima ninfoplastia
Crédito: Thinkstock

O corpo humano não é como um padrão feito em fôrmas e é exatamente por isso que a nossa anatomia difere de uma pessoa para outra – essa diferença também inclui as regiões íntimas! No entanto, mesmo sabendo que são naturais, muitas vezes essas alterações causam incômodos ou problemas de saúde. Nestes casos, buscar soluções é essencial para a saúde física e mental.

Leia também:Conheça as famosas que fizeram cirurgia íntima9 tratamentos estéticos para a área íntima da mulherVeja como são as próteses para peito, bumbum e panturrilha

Tenho os grandes lábios muito grandes: é normal?

A vulva, região externa da vagina é composta pelo clitóris e pelos grandes e pequenos lábios. Responsáveis por protegê-la e direcionar o xixi, a pele saliente da parte de dentro pode incomodar muitas mulheres, tanto física quanto psicologicamente. "Ter os pequenos lábios grande demais pode ser um problema para algumas pacientes, pois eles atrapalham a higienização e o conforto e podem até causar dor durante o sexo, já a pele saliente pode entrar e sair durante a penetração", explica o cirurgião plástico André Colaneri, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Mas, não são apenas os aspectos físicos alterados.  "Outras mulheres sentem vergonha do volume e não usam biquíni, não se trocam na frente de outras pessoas e muitas vezes sentem vergonha do parceiro na hora da relação sexual", conta o especialista.

Causas

Segundo André, a principal causa do problema é a genética. No entanto, distúrbios hormonais e alguns hábitos, como a utilização de anabolizantes podem estimular o problema.

Cirurgia na vagina: ninfoplastia

Chamada de ninfoplastia, a cirurgia que reduz os pequenos lábios é indicada para casos em que é necessário corrigir o tamanho da pele interna da vulva. "Elas geralmente ficam para fora e o procedimento corta essa sobra", explica o cirurgião.

Como é a cirurgia de redução dos pequenos lábios?

Embora carregue os riscos normais de uma cirurgia, a correção é categorizada como um procedimento de pequeno porte. "Nós fazemos o procedimento com anestesia local, ela dura menos de 40 minutos e a paciente vai para casa no mesmo dia", conta André.

Durante a recuperação, que pede repouso de três dias, suspende atividades físicas por três semanas atividades sexuais por um mês, a tendência é que o próprio organismo absorva os pontos.

Tenho os grandes lábios aumentados e me sinto mal

[[{"fid":"134135","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_alt_text[und][0][value]":"","field_file_image_title_text[und][0][value]":"","field_file_image_copyright_overriden[und][0][value]":"Crédito: Thinkstock","field_file_image_description[und][0][value]":"Cirurgia recupera autoestima","field_link[und][0][title]":"","field_link[und][0][url]":"","field_file_image_id[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{"style":"font-size: 13.0080003738403px; line-height: 1.538em; float: right;","class":"media-element file-normal"}}]]Para além da alteração física, segundo o cirurgião, o aspecto que apresenta maior melhora é o psicológico. "A gente nota mais mudanças psicológicas do que físicas. A paciente perde a vergonha de ir à praia, de se soltar durante as relações sexuais e passa a se conhecer mais", analisa o cirurgião.

Tida como uma cirurgia íntima, o procedimento geralmente é mantido em sigilo pelas pacientes. "Elas chegam ao consultório sozinhas e contam para poucas pessoas. Por isso, o procedimento é muito mais comum do que parece", revela o médico.

Quanto custa uma cirurgia íntima?

Assim como qualquer tratamento, os valores alteram de acordo com a região e escolha do profissional. O cálculo envolve o custo da hospitalização, dos medicamentos e do procedimento em si.

O SUS cobre cirurgia íntima?

Por ser muitas vezes considerada uma cirurgia estética, o SUS não costuma cobrir alterações vaginais. Embora na tabela da assistência conste "correções íntimas", as cirurgias são autorizadas quando há problemas físicos ou distúrbios psicológicos associados.

Ninfoplastia e outras cirurgias

Muito mais comum do que parece, a ninfoplastia pode ser associada a outras cirurgias íntimas, como a monte de vênus que tira a gordurinha existente na região do púbis e a correção dos grandes lábios, que enxerta gordura no local.