mulher

Cardiologista elege TOP 3 melhores exercícios para o coração; veja quais são

exercicio para coracao
thinkstock

Não é à toa que, provavelmente, todos os médicos que você já visitou recomendaram "exercícios físicos e alimentação equilibrada". A dupla é mesmo capaz de prevenir uma série de doenças e os exercícios físicos, em especial, têm o poder de manter seu coração nos trinques. Alguns deles são ainda mais eficazes nesse propósito. Veja a seguir quais são.

Leia tambémHipertensão: 5 alimentos que ajudam a abaixar a pressãoQuais são os sintomas de infarto em mulheres?Arritmia pode ser confundida com dor na coluna e cansaço

Exercícios para o coração 

Primeiro lugar: caminhada 

De acordo com o cardiologista Carlos Zamora, do Mount Sinai Medical Center, em Miami (EUA), esse é o melhor exercício para manter o coração saudável. Existem alguns motivos para isso, além de ser um exercício acessível a praticamente todo mundo, ele pode ser feito com frequência sem que você precise investir muito tempo ou dinheiro. "O coração que se exercita diariamente, se torna mais eficiente e elástico, amenizando os efeitos do envelhecimento", explica o especialista. "Além disso, as artérias, que são o caminho através do qual o oxigênio é transportado para todo o corpo, também ficam mais saudáveis".

exercicio para coracao 1
Thinkstock

Segundo lugar: natação 

Segundo Carlos Zamora, esse é o exercício de número 2 para quem quer cuidar do coração. Apesar de ser um pouco mais difícil de praticar, ele é um ótimo exercício aeróbico, ou seja, é capaz de promover uma aceleração da frequência cardíaca de maneira a fortalecer o músculo cardíaco.

A natação também é uma ótima atividade para melhorar a estrutura muscular, o que, na prática, ajuda na manutenção de uma boa circulação sanguínea, e ajudar no metabolismo corpo, regulando insulina e açúcar.

Terceiro lugar: corrida

Assim como seus antecessores, a corrida é capaz de deixar o coração mais eficiente e elástico, os vasos sanguíneos mais saudáveis, os músculos mais fortes e o metabolismo regulado. No entanto, não é qualquer pessoa que pode calçar o tênis e sair correndo. Ao contrário da natação, que costuma ser feita com um professor, e da caminhada, que é um exercício bem mais leve, a corrida é uma atividade forte e comumente feita sem supervisão, o que aumenta risco de arritmias, cansaço excessivo e mal estar caso você não esteja preparado.

Caso a corrida seja seu esporte, procure um grupo de corrida ou corra na esteira da academia com orientação e supervisão do educador físico.