mulher

5 motivos para comer acerola, a fruta superantioxidante que é melhor que limão

beneficios comer acerola
Thinkstock

A nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat, que atende famosas como Giovanna Antonelli e Giovanna Lancellotti, sempre sugere em seu perfil do Instagram dicas de alimentos funcionais e que trazem saúde à mesa de um jeito fácil. Dessa vez, a dica além de simples, é capaz de turbinar também sua beleza: acerola.

Leia também:Frutas que contêm vitamina C: 5 melhoresReceita simples de molho de acerolaSucos desintoxicantes para começar o dia

Benefícios da acerola

1. É antienvelhecimento e oxidaçãoA fruta é uma das principais aliadas no combate ao envelhecimento precoce das células em razão de sua fonte de carotenoide, substância super antioxidante. Ela ainda é rica em flavonoides, varredores de radicais livres que fornecem proteção contra danos oxidativos protegendo os tecidos contra radicais livres de oxigênio e peroxidação de lipídeos.

2. Propicia bom funcionamento dos tecidosPossui vitamina A, em que o maior benefício está relacionado ao bom funcionamento de todos os tecidos do nosso corpo e  outras múltiplas funções, como a saúde da visão, dos ossos e cabelos, assim como o sistema imunológico, entre outras.

3. Ajuda metabolizar proteínas e carboidratosAs vitaminas B1 e B6 presentes na acerola são importantes auxilia, na geração de energia pelo organismo, além de proporcionar pele, músculos e sangue saudáveis. A B6 ainda participa da metabolização de proteínas e carboidratos, regulamentação da glicose no sangue, quebra do glicogênio, geração de hemoglobina e anticorpos, criação de hormônios e neurotransmissores.

beneficios comer acerola 2
Thinkstock

4. Combate doenças cardiovascularesAlém de proteger o organismo contra a baixa imunidade, a vitamina C regula os níveis de colesterol e fortalece os vasos sanguíneos. A acerola tem 80 vezes mais vitamina C do que a laranja e o limão.

5. Fornece mix de minerais essenciaisA frutinha vermelhinha possui nada mais que fósforo, ferro, potássio, magnésio e cálcio, essenciais para o metabolismo correto das células e saúde dos ossos.