mulher

5 alimentos que têm ômega 3 (e não são peixes!)

soja derivados
naito8/ShutterStock

Essencial para o bom funcionamento do organismo, o ômega 3 contribui para a formação da membrana de todas as células (parte que envolve e dá sustentação a elas), inclusive dos neurônios. Ele também apresenta função oxidante, combatendo os radicais livres que provocam o envelhecimento e doenças degenerativas.

Leia também:Rico em ômega-3, peixe ajuda a emagrecer e até regula os hormôniosÔmega 3 e ômega 6: por que consumir?Criança que consome ômega 3 é mais inteligente

Portanto, é possível afirmar que esta gordura insaturada ajuda a prevenir doenças do coração, diabetes, doenças autoimunes e problemas de pele, como a acne, além de melhorar as funções cognitivas do cérebro. Se você já sabe que deve incluir o nutriente no cardápio, mas não é muito fã de peixes, conheça 5 alimentos que têm ômega 3 para variar a sua dieta:

Carne vermelha orgânica: a própria grama é boa fonte de ômega 3. Portanto, quando vacas são alimentadas de forma natural, à base do pasto, a carne resultante acaba sendo também rica em ácidos graxos.

gorkem demir/Shutterstock

Nozes: de todas as oleaginosas, as nozes são as campeãs em na quantidade de ômega 3, com valor mais significativo entre as demais.

Soja: o alimento é uma fonte incrível de ômega 3, além de ser rico em fibras e proteínas.

Óleo de linhaça: a semente de linhaça é boa fonte de fibra, mas para obter ômega 3 suficiente você deve consumir o seu óleo, pois, por ser mais condensado, garante dose extra do nutriente.

Ovos orgânicos: quando as galinhas são alimentadas de forma natural, com sementes de linhaça galinhas, óleo de peixe ou até mesmo algas, elas colocam ovos ricos em ômega 3. No supermercado, procure na embalagem informações sobre o alimento para saber se é enriquecido com ácidos graxos.

Saiba como manter a saúde em dia através de uma alimentação inteligente:

[bolsatv alimentacao-inteligente]