mulher

Problemas de visão: veja quais são os sintomas mais comuns

visao problemas de visao problemas oculares
Thinkstock

Problemas de visão podem acontecer em qualquer idade, apesar de acometerem com mais frequência pessoas idosas. O oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do Instituto de Moléstias Oculares (Imo), destaca a importância de realizar exames oftalmológicos periodicamente e explica os principais sintomas dos problemas oculares mais comuns.

Leia também

Peixes, azeite, nozes, cenoura e chocolate amargo são amigos da saúde dos olhos

Alteração nos olhos do bebê pode ser sinal de doença

Grávida tem mais chances de ter problemas de visão

Manchas e moscas volantes

Manchas ou "moscas" que sem mexem no campo de visão podem significar um descolamento do vítreo. Esse problema é benigno geralmente relacionado à idade acontece quando o gel do interior dos olhos se separa da retina. "O aparecimento de manchas e moscas volantes também pode ser causado por um outro problema da retina, por isso é importante que o paciente consulte um especialista", explica Centurion.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Distorções pode significar degeneração macular relacionada à idade / Crédito: Thinkstock

Cortina escura

Segundo oftalmologista do Imo Roberta Velletri, esse sintoma costuma representar um deslocamento da retina, que acontece quando ela se separa da camada subjacente de vasos sanguíneos nutritivos (coroide). "Se a retina não é recolocada em questão de horas, pode haver perda total de visão", completa.

Dor e visão embaçada

Esses sintomas, acompanhados de vermelhidão, náuseas e vômitos, podem indicar um ataque súbito de glaucoma de ângulo estreito, que causa danos permanentes ao nervo óptico.

Redução do campo de visão 

"Este sintoma pode significar que o paciente desenvolveu glaucoma com perda de visão nas bordas do campo", diz o oftalmologista Juan Caballero, que também integra o corpo clínico do IMO.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Olho seco não é um problema grave, mas é incômodo / Crédito: Thinkstock

Distorções

A perda gradual da visão central, que inclui distorções, pode estar associada a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), principal causa de cegueira entre os idosos. Segundo Juan, ainda não há um tratamento 100% eficaz contra o problema, mas é possível retardar a progressão degeneração.

Visão nublada e turva

Alterações visuais como visão turva e nublada podem traduzir um problema ocular comum, a catarata. De acordo com Centurion, é preciso tratar a catarata para evitar a cegueira e outras complicações na visão, como o glaucoma.

Irritação e dor na superfície ocular

Se os olhos doem, estão irritados, vermelhos e lacrimejando, o problema pode ser síndrome do olho seco. "Olho seco é geralmente mais um incômodo do que um risco à visão. Mesmo assim é preciso consultar um especialista para minimizar esses sintomas", explica Caballero.