mulher

Anemia: sintomas e tratamento

anemia sintomas tratamento1
Thinkstock

anemia ferropriva é uma doença causada pela ausência de ferro, um mineral importantíssimo para o funcionamento do organismo. Crianças com menos de três anos, mulheres e gestantes são as mais afetadas pela falta da substância, que pode ser causada por uma dieta pobre, pela deficiência na absorção do ferro e perda de sangue.

Leia também:

Banana alivia a TPM e ajuda o intestino a funcionar

Farinha de chia emagrece e pode substituir a de trigo em preparações. Saiba como

Intestino preso pode ser tratado com suco verde. Veja a receita

"O ferro está presente no interior dos glóbulos vermelhos - células sanguíneas responsáveis por levar o oxigênio às demais do organismo -, sendo parte integrante de uma proteína chamada hemoglobina", explica o Dr. Rodolfo Cançado, professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Sintomas 

Segundo o professor, pessoas com deficiência de ferro costumam apresentar cansaço constante e sem motivo aparente, tonturas, irritabilidade, dores de cabeça e falta de atenção. As crianças podem ter dificuldade no aprendizado, infecções frequentes e atraso de crescimento. Já os adultos têm menor rendimento no trabalho, ficam menos tolerantes aos exercícios e apresentam outros sintomas, como palpitação, falta de ar, queda de cabelos, desânimo e enfraquecimento das unhas.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Carne vermelha é uma boa fonte de ferro. Crédito: Shutterstock

"Os pacientes com este problema manifestam apetite por substâncias não alimentares como terra, gelo, macarrão cru, limão e giz. Estima-se que a ausência de ferro esteja presente em um terço da população mundial, o que representa cerca de 2 bilhões de pessoas", afirma o especialista.

Alimentos ricos em ferro

Uma dieta rica em ferro ajuda a prevenir a doença e é essencial para a recuperação da pessoa anêmica.  Carnes em geral, principalmente vísceras, fígado, coração, peixe (sardinha em lata) e frango tem grande concentração de ferro. Feijão, lentilha, verduras escuras (couve, brócolis, agrião, rúcula, espinafre e beterraba) contêm o mineral em menor quantidade, mas seu consumo também é indispensável.

Cozinhar os alimentos em panela de ferro enriquece os alimentos e, para melhorar a absorção da substância, o ideal é tomar um copo de suco de frutas cítricas (laranja, limão ou acerola) antes ou durante a refeição.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Vitamina C contribui para a absorção do ferro. Crédito: Thinkstock

"A vitamina C contribui para o aumento da absorção do ferro e reduz o efeito de fatores inibidores. A adição de 50 mg dessa vitamina é capaz de dobrar a absorção do mineral", explica o médico.

De acordo com o especialista, o leite de vaca além de não ser fonte de ferro, prejudica sua absorção, a não ser que seja o materno ou fortificado industrialmente. "O fitato, fosfato e a gema de ovo diminuem a absorção e devem ser evitados. É indicada também a redução do consumo de chá, café e refrigerantes", fala.

Tratamento

O tratamento para a anemia é feito com medicamentos à base de ferro e dura de três a seis meses. Algumas pessoas apresentam melhora dos sintomas e interrompem o uso do remédio em um mês, mas a anemia volta logo depois. "Para estabilizar a doença são necessárias de quatro a seis semanas e para elevar os estoques de ferro no organismo mais dois ou três meses", finaliza.

Aprenda a fazer um suco poderoso e dê adeus a gripes e resfriados.