mulher

Osteoporose é uma doença que pode ter causa hereditária

osteoporose doenca hereditaria

A osteoporose é uma doença hereditária. Ela é transmitida dos pais para os filhos por meio dos fatores genéticos. Geralmente quando algum membro da família já teve um histórico familiar com fraturas ou mesmo relacionado apenas a perda de massa óssea, é possível que os demais familiares desenvolvam a osteoporose. Além disso, os que têm pele clara, formação óssea esguia, descendência caucasiana ou asiática também têm maiores riscos de ter a doença.

"A hereditariedade determina cerca de 60% da massa óssea de adultos. Em outras palavras, os genes afetam o quanto de osso que você tem aos 30 anos de idade e quão rápido você perderá osso depois disso", explica o reumatologista Dr. Charlles Heldan de Moura Castro.

Nem sempre se os pais tiveram a osteoporose em grau mais avançado significa que o filho terá a doença com a mesma gravidade. É o que afirma o reumatologista Dr. Nilton Salles. Porém ele diz que isso representa um fator de risco adicional. O Dr. Leandro Parmigiani, reumatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, complementa dizendo que "provavelmente ele terá osteoporose, mas não se pode definir se a gravidade será a mesma, pois há influência de outros fatores além da hereditariedade".

Dados da Pesquisa Firme Forte Osteoporose 2012, que ouviu cerca de 2 mil brasileiras acima de 16 anos e 1 mil homens acima de 16 anos, mostra que entre as mulheres com mais de 45 anos de idade, 12% acreditam que o desenvolvimento da osteoporose se dá por conta de fator genético, tendência na família, enquanto as mulheres com menos de 44 anos de idade estão em 6%. Fatores como ter uma dieta pobre em cálcio é o motivo principal pelo qual as pessoas acreditam que a doença se desenvolve, e isso está correto.

Além disso, há outros fatores que influenciam o desenvolvimento da doença. O Dr. Parmigiani comenta sobre eles. "A baixa estatura, pouco peso, tabagismo, baixa ingestão de cálcio, consumo excessivo de álcool, cafeína, sedentarismo, menopausa precoce e raça branca são algumas das causas da osteoporose".

Para avaliar se os ossos são frágeis ou não, o principal exame a ser realizado, com indicação de um médico especialista, é a densitometria óssea. Esse é um exame que, normalmente, é realizado por pessoas com idade mais avançada, mas se houver algum fator que demonstre que a doença é provável em uma pessoa, ele pode ser feito antes desse período.