Sutiã sem alça te veste mal porque você pode estar cometendo 6 erros

Thinkstock

Dependendo da roupa escolhida para dias mais quentes, você sabe que vai precisar usar um sutiã sem alça para compor o visual sem erros. No entanto, é normal se sentir um tanto insegura, desconfortável ou mesmo desajeitada com a peça. O problema pode estar em 6 erros comuns que você comete ao usar o sutiã sem alças. Conheça as dicas de moda detalhadas pela versão espanhola da revista "Cosmopolitan":

Leia também:Como escolher o sutiã perfeitoFaz mal dormir de sutiã?Como aumentar os seios com maquiagem e truques no sutiã

Se você sente que a tira do sutiã não garante boa sustentação, vale apostar em uma peça com um número menor do que o sutiã comum. A lingerie sem alça deve ser a mais apertada possível sem, claro, causar desconforto.

Outra dica importante é saber que, quanto maior o seio, maior deve ser a tira de sustentação, onde ficam os fechos da peça.

Reprodução / Cosmopolitan

Sutiãs com alças removíveis podem parecer a melhor solução na teoria, mas raramente funcionam na prática. Em vez de tentar apostar em uma peça dois em um, vale mais a pena investir em um bom sutiã somente sem alças.

Na hora de experimentar o sutiã, verifique se as costuras da blusa ou do vestido não interferem na peça, empurrando a sustentação para baixo. Os ajustes na cintura no peito não devem causar um peso sobre a lingerie.

Reprodução / Cosmopolitan

Sutiãs sem alças são menos usados que os tradicionais, mas isso não quer dizer que eles duram para sempre. As peças desse tipo costumam sofrer desgaste maior e também precisam ser trocadas de tempos em tempos.

Logo que comprar um sutiã sem alças, verifique se é possível usá-lo inicialmente no fecho mais externo. Assim, quando a peça fica mais desgastada, você pode utilizá-la mais vezes nos fechos mais apertados.

Reprodução / Cosmopolitan