mulher

Alimentos para aumentar imunidade

acerola aumenta imunidade
Shutterstock

No inverno, a necessidade do organismo de receber calorias e nutrientes aumenta, causando fome. Além disso, as baixas temperaturas favorecem o aparecimento de certas doenças, especialmente respiratórias. Por conta destes fatores, a dieta alimentar neste período precisa ser um pouco diferente, pois deve priorizar nutrientes e vitaminas que aumentam a imunidade e ajudam a prevenir doenças comuns da estação.

Leia também:

Sucos que combatem a anemiaFlorais de Bach contra gripes e resfriadosBenefícios do gengibre para a saúdeBenefícios do chá verde

"Uma dieta balanceada deve ser repleta de cereais integrais, verduras, legumes e frutas, opções que fornecem nutrientes e fitoquimicos. Eles fortalecem a defesa do organismo, além de ajudar a manter a forma", afirma Flávia Morais, coordenadora da área de nutrição da rede Mundo Verde.

Dieta para baixa imunidade

Veja quais alimentos devem entrar para o cardápio para aumentar a imunidade.

Acerola

Fruta rica em vitamina C de ação antioxidante, que estimula a resistência e aumenta a atividade imunológica do corpo. Segundo explica Flávia, a vitamina C age na reconstituição dos leucócitos em períodos de queda de resistência. A acerola pode ser consumida in natura, na forma de sucos ou em cápsulas.

Alho

Fonte de aliina e alicina (potentes antioxidantes), estimula a resposta imunológica, prevenindo as gripes comuns no inverno. Também atua no combate a infecções e inflamações. Use amassado no feijão, sopas, em temperos de saladas ou, se preferir, cápsulas de óleo de alho.

Chás verde e branco

São ricos em catequina e epicatequina, poderosos antioxidantes que atuam no combate aos radicais livres e no fortalecimento do sistema imunológico. Podem ser consumidos na forma de chás ou cápsulas.

Cogumelo Shitake

Possui lentinan, uma substância que aumenta a produção das células de defesa do organismo. Pode ser acrescentado ao arroz integral, molhos para massas e saladas.

Geleia Real

Estimula o sistema imunológico e combate as infecções de vírus e bactérias. Encontrada in natura e em cápsulas.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]

Gengibre

É imunoestimulante, possui ação expectorante e reduz dores e inflamações. Pode ser consumido na forma de chá (feito a partir de sua raiz) ou adicionado a sucos e receitas diversas.

Mel

Tem ação bactericida e antisséptica. Auxilia no tratamento de problemas pulmonares e da garganta por conter substâncias que agem como antibióticos naturais. Não deve ser fervido para que não perca suas propriedades. Pode ser ingerido puro ou misturado em sucos, vitaminas e frutas.

Óleo de coco

Rico em ácidos láurico e caprílico, o óleo de coco possui atividade antiviral e antibacteriana. Diversos estudos mostram seu efeito imunomodulador. Use em sucos, shakes, vitaminas ou como substituto da manteiga em pães.

Probióticos

Possuem microorganismos vivos, que recuperam a microbiota intestinal e fortalecem o sistema imunológico. Encontrados em pó ou cápsulas.

Suco verde

Fonte de zinco, ferro e vitamina C, pode ser feito com polpa de clorofila ou com folhas de couve.

Própolis

Fonte de flavonoides, que auxiliam no combate às doenças que atacam o homem, atua como antibiótico natural. Eficaz em casos de inflamação e infecção na garganta, além de ajudar no combate a tosses.

Pólen

É rico em proteínas, vitaminas e minerais que ajudam na formação de anticorpos, fortalecendo o sistema imunológico. Versátil, pode ser consumido puro ou adicionado em diversos alimentos, como sucos, iogurtes, vitaminas, frutas, saladas e no preparo de pães, bolos e cookies.

Asssista à receita do suco anti-barriga: