hacks

Plantas para ambientes internos

plantas para ambientes internos 3
Thinkstosck

Na era dos apartamentos compactos, as pessoas se perguntam qual a melhor maneira de levar as flores e plantas para dentro de casa. Algumas delas precisam de muito sol e água para sobreviver, fazendo com que seja bem mais difícil criá-las entre quatro paredes. Por outro lado, existem plantinhas que necessitam de menos cuidados e conseguem sobreviver tranquilamente em ambientes internos, podendo até mesmo servir como decoração.

Leia também: Dicas para cuidar de orquídeas Como montar um jardim de inverno Aprenda a decoração ideal para pequenos ambientes

Conheça alguns tipos de plantas ideais para ambientes fechados, e entenda quais cuidados são necessários, para deixá-las sempre bonitas.

Cactos

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]Os cactos são plantas típicas de regiões áridas e secas, portanto não precisam de muita água para sobreviver. Eles são resistentes e fáceis de serem encontrados em qualquer supermercado, ou floricultura. Para que esteja sempre saudável, misture um pouco de areia à terra do vasinho, e regue a cada cinco dias. No inverno, diminua a frequência e coloque água de 15 em 15 dias. 

Violetas

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]São as mais populares plantinhas para casas, e estão presentes em muitas jardineiras e sacadas. Para cuidar das Violetas, evite a incidência direta de luz e regue, no máximo, três vezes por semana. 

Lírios

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]Além dos brancos tradicionais, existem lírios nas mais diversas cores e formatos. Eles são ótimos para decorar mesas e, se for um exemplar grande, fica lindo no cantinho da sala de estar. Luz em excesso pode queimar suas flores e folhas, o faz com que cômodos pouco iluminados sejam perfeitos para criar lírios. Regue de três a quatro vezes por semana.

Antúrios

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]No passado, os antúrios fizeram muito sucesso na decoração de ambientes internos, e agora estão voltando com força em arranjos modernos e descolados. Assim como os lírios, os antúrios são plantas que exigem baixa manutenção e preferem áreas de pouca luminosidade. Para que prosperem, basta regá-los três vezes por semana e manter seu solo sempre adubado.

Palmeiras

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]As palmeiras são uma família de plantas, que abriga espécies como o Coqueiro, a Tamareira, a Palmeira Ráfis e a Palmeira Imperial. Suas versões anãs viraram hit da decoração de salas e jardins de inverno. Para deixar o visual bem caprichado, invista em vasos coloridos. Para mantê-la saudável, mantenha sua terra sempre úmida, mas sem exagerar.

Confira agora o vídeo que ensina a montar uma hortinha, perfeita para ambientes pequenos: