Estudar com o filho ajuda em seu desenvolvimento

estudarcomofilho shutterstock
Shutterstock

A educação do seu filho se faz dentro e fora da escola. O dever de casa é dele, mas a tarefa é de todos. Participar mais da rotina de estudos dos pequenos no dia a dia já faz toda a diferença. A partir de temas que estão em debate na escola, você pode acrescentar um toque lúdico ao ensino. Se o momento é de aprender a fazer contas, que tal somar e dividir pedaços de uma barra de chocolate? E se quando ele precisar de um reforço nas aulas de História? Já pensou em pesquisar curiosidades sobre a época para que a matéria fique mais interessante?

Agora, como saber se ele absorveu as informações ou só curtiu a brincadeira? É importante que a criança faça exercícios sobre o tema. O exercício é o momento onde se testa se realmente houve entendimento do que foi ensinado. Se você não souber ou achar difícil estudar com seu filho, procure orientação, como um professor particular - os pais de outros alunos em dificuldade sabem quem são os bons professores particulares; converse com eles. Algumas escolas também indicam educadores que já conhecem a metodologia de ensino da instituição.

Mas, nem assim você consegue que o seu filho fique concentrado por muito tempo nos estudos? É preciso ter horário, responsabilidades e deveres. Quem sabe o ambiente não esteja ajudando muito. Lugar de estudar é na mesa – não na cama, no chão. Um lugar tranquilo, sem barulhos ou TVs ligadas e com uma boa iluminação contribuem bastante para o pequeno manter o foco.

Por fim, fique atenta à escola que você escolheu, ao horário que seu filho dedica ao estudo e acompanhe, principalmente, o desempenho da criança durante todo o ano letivo para evitar correria e estresses no fim do ano.

Tente deixar claro a situação e os limites a seu filho, mas sem pressioná-lo em demais.

Leia também:

Previna-se das doenças de outono - Com a chegada do frio, as crianças sofrem mais com crises alérgicas

Dica para ter uma casa sustentável