mulher

Aula de Dança Solta queima até 600 calorias

aula de danca solta aula de danca danca solta

A dança é uma modalidade de exercício aeróbico que faz bem para o corpo e para a autoestima. O coreógrafo Luiz Sander criou uma aula de dança diferente onde o que é importa não é a coreografia, mas a diversão. A modalidade, chamada de Dança Solta, ajuda a queimar até 600 calorias por aula. 

Leia também

Aula de jump emagrece até 900 kcal por hora

Zumba Fitness emagrece até mil calorias por aula

Como aumentar a resistência para corridas

O que é

É uma aula de dança na qual não há obrigação de passos marcados ou grandes coreografias. "A regra é se soltar, dançar livremente para que a atividade física seja algo prazeroso e divertido", afirma o coreógrafo.

Como funciona

Com músicas dos mais variados ritmos, o professor coordena a aula a partir da animação, do cansaço e da energia dos alunos. "Os soltarinos, como eu chamo os alunos de Dança Solta, dançam de valsa a afro-primitivo sem ter ideia de qual será o próximo ritmo da playlist", explica o professor de dança.

"Você não sabe o que te espera: qual a próxima canção, que tipo de movimento terá de fazer. Por isso, todos do grupo, sobretudo o professor, devem ficar a postos e preparados para fazer o melhor dentro do imprevisível", completa. 

Benefícios

Segundo Sander, além de desenvolver a autoconfiança e melhorar a autoestima, a aula de Dança Solta ajuda a estabelecer um bom condicionamento físico. 

"Uma aula pode significar um gasto calórico de até 600 calorias, dependendo do metabolismo de cada aluno", afirma o coreógrafo.  A Dança Solta é bastante aeróbica e trabalha bíceps, tríceps, coxas, glúteos e panturrilhas.

Segundo o coreógrafo, a perda de calorias vem como consequência de uma hora de festa, onde alunos de 8 anos dividem o mesmo espaço que os de 80 em uma integração através da dança.

"Assim o grau de dificuldade é o mesmo para todas as idades. Inclusive tem uma família que faz a aula comigo e onde as três gerações participam da dança: a avó, a filha e a neta, isso é muito bacana", conta o professor.