Alimentos termogênicos para emagrecer

pimenta vermelha
Thinkstock

Melhor do que comer algum alimento que não engorde é comer os que ajudam a acelerar a perda de peso. Estamos falando dos alimentos termogênicos, que necessitam de maior queima de energia para serem digeridos e, por isso, chegam a ser responsáveis por cerca de 10% do gasto total de energia. Ou seja, meninas: alimentos termogênicos emagrecem muito e são os melhores amigos da dieta!

Leia também:Dieta à base de alimentos crus ajuda a perder peso e preservar nutrientesEvite a fome comendo alimentos que promovem saciedade; veja quaisParece, mas não é: alimentos similares podem ser vilões do emagrecimento

"Todos os alimentos gastam energia para serem digeridos, ou seja, têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo, aumentando a queima de gordura. Porém, os termogênicos induzem o metabolismo a trabalhar com ritmo acelerado, gastando assim, mais calorias. Um exemplo é a pimenta vermelha que, segundo um estudo com seres humanos, induziu elevado gasto energético após a refeição e queima de gordura", explica a nutricionista Larissa Cohen, do Espaço Stella Torreão, no Rio de Janeiro.

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Mostarda faz parte da lista de alimentos termogênicos que turbinam a dieta (Créditos: Shutterstock)

Além da pimenta vermelha, também fazem parte desse grupo a mostarda, o gengibre, o vinagre de maçã e o guaraná. "Ultimamente, tem-se visto maior interesse também por compostos extraídos de plantas, como a cafeína do café, efedrina da ephedra, capsaícina das pimentas e catequinas de chás", diz.

A forma de consumo – se separadamente ou junto com outros – vai depender de cada alimento. "A pimenta, por exemplo, pode ser utilizada junto com a refeição. Já o chá verde deve ser consumido entre as refeições para não interferir na absorção de nutrientes provenientes das grandes refeições, como o ferro", afirma.

Os alimentos termogênicos ajudam a emagrecer, mas não são milagrosos. "É importante aliar o consumo dos alimentos termogênicos a um plano alimentar equilibrado, de acordo com a rotina individual, e pobre em gorduras saturadas e açúcares simples, além da prática frequente de exercício físico".

Se consumidos em excesso, eles podem fazer mal, causando dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. "Os hipertensos ou portadores de problemas cardíacos devem ter mais cuidado, pois alguns desses alimentos fazem o coração trabalhar mais rápido. Pessoas com problemas na tireoide também devem ter atenção e usar os alimentos termogênicos sob orientação profissional por causa da influência sobre o metabolismo", alerta.

Receita com alimentos termogênicos

Suco verde

  • 1 a 2 folhas de couve previamente higienizada
  • Lascas de gengibre (1 colher de chá)
  • ½ copo de água de coco
  • 1 maçã com casca
  • 1 limão espremido
  • Bater no liquidificador, coar e servir

Dicas de consumo de termogênicos

  • Utilizar gengibre nas saladas ou em sucos ou em molhos para saladas
  • A pimenta vermelha pode ser usada com moderação no almoço e deve ser evitada no jantar para não atrapalhar a qualidade do sono.