mulher

Tapioca tem alto índice glicêmico: o que é isso, como detona a dieta e como reverter?

Thinkstock

Além da batata doce, do frango e da clara de ovo, a tapioca é item que está em praticamente todos os cardápios de quem faz dieta ou pratica exercícios físicos. É preciso saber, no entanto, que o alimento também pede moderação, já que é rico em carboidratos, pobre em fibras e proteínas e possui alto índice glicêmico.

Leia também:9 verdades sobre a tapioca que você precisa saber3 acompanhamentos para tapioca que não atrapalham a dietaReceita de tapioca com chia, mel e tofu

O índice glicêmico é um indicador da velocidade com que o açúcar presente em um alimento passa para a corrente sanguínea, aumentando a concentração de açúcar no sangue e estimulando a liberação de insulina, explica a nutricionista Jacqueline Anversa.

Thinkstock

Segundo a especialista, isso pode estimular uma hipoglicemia de rebote, ou seja, o nível do açúcar no sangue baixa repentinamente, podendo ainda atrapalhar o processo de emagrecimento. Jacqueline ainda compara a tapioca com o tradicional pão francês. Enquanto a primeira, em uma porção de 50 gramas, possui 43 gramas de carboidrato e, praticamente zero de proteínas e fibras, totalizando 175 calorias, o segundo tem 150 calorias, mas contém maior quantidade de proteínas e fibras.

tapioca tomate principal
Thinkstock

É possível, porém, reverter o problema de maneira simples, turbinando a tapioca para emagrecer ainda mais ao adicionar chia ao preparo, já que ela ajuda a reduzir o índice glicêmico do alimento.

 Para fazer a tapioca com chia, basta adicionar o grão à farinha que você usa normalmente para preparar o alimento. Distribua pela frigideira, como de costume, e aqueça até que os grãos e a farinha se unam.

Aprenda como preparar um creme de tapioca gourmet:

[bolsatv creme-de-tapioca-gourmet]