mulher

Suplemento sem indicação coloca em risco coração, fígado e rins

suplemento alimentar risco perigo saude
Shutterstock

A última moda entre os atletas e praticantes de atividades físicas são os suplementos alimentares, que prometem turbinar os efeitos do esporte ou da academia. Porém, esses benefícios só acontecem se o consumo for feito da maneira certa, e isso depende, primordialmente, de consultar um médico.

Leia também

Esportes de aventura: onde e como praticar

Musculação pode causar estrias se feita da maneira errada

Aula de Zumba pode queimar até mil calorias em 1 hora

Riscos à saúde dos suplementos

"Quem arrisca consumir esses suplementos sem indicação de um profissional da saúde pode ter problemas futuramente no fígado, rins e no coração. O consumo em excesso pode acarretar sérios problemas para a saúde do atleta, por exemplo, a vitamina C pode aumentar o risco de pedras nos rins e no fígado o acúmulo de gordura", ressalta a nutróloga Liliane Oppermann.

Normalmente, os suplementos são indicados somente por nutricionistas e direcionados a atletas de competição que gastam muitas calorias devido ao treino que somente a alimentação não é suficiente para repor a necessidade calórica e nutricional. Por isso, segundo a especialista, os suplementos só devem ser usados por quem realmente necessita.

"Devido ao fácil acesso, muitas pessoas passam adquirir o uso do suplemento sem a orientação de um profissional da nutrição. Algumas recebem indicação de amigos e pensam erroneamente que aquele suplemento será o combustível indispensável para seu progresso nos treinamentos", explica.