mulher

Irmã de Preta Gil diz que comer de três em três horas e beber muita água faz mal

dieta bela gil
Thinkstock

Filha de Gilberto Gil e irmã da cantora Preta, Bela Gil se destaca pelos conhecimentos sobre os alimentos. Foi com o pai que a nutricionista teve contato com a alimentação macrobiótica – tipo rico em cereais integrais, legumes, leguminosas e frutas – mas foi só depois de conhecer a ioga que traçou seus caminhos na nutrição.

Leia também:

Segredos e dietas das famosas

Cinco dieta das famosas para evitar

Dieta sem glúten emagrece em poucos dias?

Adepta da alimentação naturalista e da medicina ayuvédica, Bela hoje é apresentadora de um programa em canal fechado, requisitada pelas celebridades e já passou por diversos países falando sobre comida. Polêmica, a nutricionista nega algumas das mais importantes regras dos adeptos da alimentação saudável. Para a apresentadora, beber 3 litros de água por dia, ingerir frutas no inverno ou comer de três em três horas são hábitos que podem prejudicar a saúde. A afirmação vai contra o que a maioria dos médicos e especialistas fala há anos sobre o assunto.

Dieta da Bela Gil

A nutricionista, que no Rio de Janeiro atende em sua clínica e em outras regiões faz um acompanhamento domiciliar, explica que seus pacientes são instruídos a priorizarem alimentos menos processados, mas que a dieta não é restritiva.  "Quem está em harmonia pode comer de tudo, mas tem de aprender como preparar, quanto, quando e como se alimentar", declarou em entrevista ao site da Revista Vogue.

Para ela, mais importante que o emagrecimento é o equilíbrio com o próprio corpo. Os resultados são consequências das mudanças saudáveis. "A intenção é manter seu metabolismo funcionando normalmente, sem choques abruptos. Meus pacientes emagrecem comendo comida", diz Bela.

Água de 3 em 3 horas

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]] Beber água sem ter sede pode aumentar retenção de líquido, diz Bela Gil (Crédito: Thinkstock)

Nosso corpo é composto por mais de 70% de água e depende dela para executar todas as suas funções. Nas dietas mais famosas, o líquido está presente em abundância. Mas, para Bela, é preciso respeitar a necessidade do organismo. "A gente tem que aprender a ouvir e respeitar o corpo, tomar água sim, mas quando tiver com sede. Água demais, como qualquer coisa em excesso, faz mal", disse a nutricionista em entrevista ao portal Terra.

Além do respeito à necessidade, o exagero na ingestão poderia ser prejudicial. Segundo Bela, a água pode piorar a retenção de líquido. Entretanto, a nutricionista reconhece a sua importância para o funcionamento de todo corpo.

Consumo de frutas no inverno

Bela também falou ao Terra sobre os malefícios que as frutas podem causar no inverno. Segundo ela, além dos açúcares naturais que não podem ser ingeridos em grande quantidade, as frutas, assim como todos os alimentos, também têm energias. As energias frias, no inverno, podem piorar quadros de gripes. "Os dois combinados provocam o resfriamento no nosso corpo. Eu tenho exemplos clínicos de pacientes crianças que cortaram o leite e a fruta e a criança parou de ficar resfriada", contou.

Para não deixar de absorver as vitaminas e os minerais fornecidos pelo alimento, a nutricionista sugere opções em compota ou assadas.

Comer de 3 em 3 horas

Outra dica chave de parte das dietas é em relação ao intervalo entre as refeições. Porém, para Bela, comer de três em três horas é sobrecarregar o corpo.  "Não quero acelerar meu metabolismo. Uma máquina que trabalha menos tem mais tempo de vida do que uma máquina que trabalha muito", comparou.

A explicação está no tempo em que o estômago leva para digerir um alimento e que o fígado demora para passar pelo autodetox. A nutricionista diz que o melhor caminho é fazer jejum entre as refeições para que o organismo consiga completar todo o seu ciclo digestivo com calma.

Alimentação equilibrada

[[{"fid":"","view_mode":"default","fields":{"format":"default","field_file_image_description[und][0][value]":""},"type":"media","link_text":null,"attributes":{}}]]Organizar a rotina alimentar é essencial para manter hábitos saudáveis e emagrecer (Crédito: Thinkstock)

Além desses aspectos, Bela evita os laticínios e não instrui que seus pacientes contem as calorias dos alimentos. "Eu não conto caloria porque acho que nenhuma caloria é igual, 100 calorias de chocolate não são iguais as 100 calorias de brócolis. Os efeitos dela no nosso corpo não são iguais", explica.

Planejar a rotina alimentar semanalmente e deixar os alimentos semi-prontos é uma opção para conseguir comer direito. Mas só isso não basta. Segundo a nutricionista, exercícios físicos e de meditação e respiração são essenciais para a saúde e para o resultado desejado.