Ioga, meditação e alongamento > Ioga, meditação e alongamento

Manter um equilíbrio entre o físico e o emocional é o sonho de todas que vivem uma rotina estressante. Não é à toa que muitas celebridades vêm optando por exercícios capazes de unir esses dois fatores. Ioga, meditação, alongamento: as modalidades que prometem conciliar relaxamento com boa forma são inúmeras e é cada vez maior o número de pessoas que trocam as barras da musculação por práticas alternativas.

Ioga na mente!

A ioga ou yoga continua sendo a queridinha das famosas. No idioma sânscrito, as posturas da atividade são chamadas de Asanas e, segundo Antônio Tigre, professor do Espaço Nirvana no Rio de Janeiro, são capazes de trazer serenidade, estabilidade e força. A atriz Emanuelle Araújo, praticante há cinco anos, confirma: "Os maiores benefícios são os para a mente. Ela fica mais tranquila e mais focada no que realmente é necessário".

A filosofia e a meditação foram, para Emanuelle, os responsáveis pelo interesse na ioga: "Só depois fui conhecendo a prática corporal e me apaixonei". A atriz sentiu dificuldade no início: "É necessário um tempo de conscientização corporal para que a prática se torne mais fluida. Não chega a ser difícil, mas é diferente de como eu me movimentava antes. O que adoro na ioga é que você sempre deve respeitar o seu limite. Com essa consciência você vai expandindo seu potencial sem exagerar, conhecendo suas potências e limites. Hoje me sinto mais familiarizada, mas há um desafio a cada dia".

Posturas ou Asanas

Os Asanas, de acordo com Tigre, atuam em vários sistemas do corpo e podem curar ou prevenir distúrbios. "Cada postura da ioga tem uma função diferente e podemos tratar vários problemas como insônia, problemas de digestão, nos órgãos internos, hérnia, dores lombares, na coluna etc. A ioga tem origem na Medicina Ayuvérdica. Na Índia, as pessoas faziam ioga como medicina preventiva, ou seja, eram analisadas as predisposições da pessoa e indicadas as posturas a serem feitas", explica.

Emanuelle conta que as posturas conhecidas como Adho muka shvanasana e Anjali mudrá são suas preferidas. "A primeira também é chamada de 'postura do cachorro'. Ela exerce uma ação sedativa no organismo e regulariza o ritmo cardíaco. A segunda reduz o estresse e a ansiedade, além de acalmar o cérebro", esclarece. Tigre complementa: "A postura do cachorro é muito importante porque neutraliza todos os efeitos das outras posturas. É como um cachorro se espreguiçando, estica a coluna toda. A Anjali mudrá consiste em pressionar uma mão contra a outra em frente ao peito. Ela aquieta a mente, e a conexão das palmas é uma postura clássica para a prece".

Exercícios respiratórios ou Pranayama

O professor de ioga do Espaço Nirvana conta ainda que existe uma parte constituída apenas por exercícios respiratórios chamada Pranayama. "Eles servem fundamentalmente para aquietar a mente. Quando o corpo se aquieta, a mente também se acalma. É como a história do leão com uma agulha enfiada no pé. Você vê um homem que reclama da vida, mas às vezes ele está com muita tensão no corpo e, por isso, a mente fica inquieta. O primeiro sutra diz: ‘O aquietar das flutuantes da mente é o ioga'", cita.

Além da tranquilidade, as posições proporcionam fortalecimento muscular. "É totalmente possível entrar em forma com essa atividade. Não só pela tonificação muscular que a prática dá, mas porque a ioga leva você a querer uma alimentação mais saudável e oferece um equilíbrio da sua energia corporal", justifica Emanuelle.

A atriz busca conciliar a rotina de trabalho intensa com a ioga. "É preciso ter disciplina e vontade, investir sempre no que nos faz bem. E a ioga ainda tem o poder de me potencializar no trabalho. Tenho mais energia. Dependendo da semana, pratico duas, três vezes na semana. Quando posso, pratico todos os dias", diz.